sábado, 24 de maio de 2014

CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO NUNCA MAIS!



"A terra dos soviets foi completamente liberada!" Claro, na época da imagem apenas essa terra foi liberada. Poucos anos depois, foi o mundo inteiro. No entanto, o sentimento de liberdade é o mesmo, e é esse o sentimento que a imagem nos desperta e nos anima a buscar sempre mais e mais do seu doce sabor.
General de Campo Wilheim Keitel assinando carta de Rendição
Incondicional da Alemanha à União Soviética. O Mundo se libertou da
barbárie nazista. 8 de Maio, Berlim, Karlhorst. Mas como a carta chegou a
Moscou em 9 de Maio, esse ficou marcado como o Dia da Vitória.
ALEGRIA, POVOS DO MUNDO INTEIRO! CAIU, PELAS MÃOS FORTES DOS TRABALHADORES, O IMPÉRIO ALEMÃO RACISTA DE TERROR E ESCRAVIDÃO.
PAZ E VIDA PARA TODOS OS POVOS DO MUNDO!


MUITO MAIS QUE A VITÓRIA MILITAR DE UM PAÍS SOBRE O OUTRO, O DIA DA VITÓRIA REPRESENTA UM MARCO DOS MAIS IMPORTANTES DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE EM SUA CONSTANTE LUTA PELA VIDA E PELA LIBERDADE, LIBERDADE DE CADA PESSOA EM TODO O MUNDO, DE TODAS AS CORES, DE TODAS AS CARAS E SORRISOS!


"Morte aos invasores fascistas!" Completamente ao contrário do que aparece no cinema americano, não é exatamente aos EUA e à Inglaterra que devemos a eterna gratidão de não estarmos presos em campos de concentração ou mortos por gás mostarda, mas imensa e inegável pela bravura dos povos eslavos que viveram as maiores agonias dessa guerra em seus países de 1939 a 1945, enfrentando sozinhos 80% de todos os soldados alemães e ainda assim saindo vitoriosos e marchando rumo a Berlim muito antes dos americanos para libertar a humanidade da escravidão e do genocídio!


 
RESISTIMOS, VENCEMOS, SOBREVIVEMOS!
AGORA PODEMOS CELEBRAR TODOS OS 69 ANOS DO FIM DA DITADURA NAZISTA!




E eis que então a ousada República dos Camponeses e Operários transformou em pó a orgulhosa Aristocracia da nobreza germânica.
Na foto, soldados soviéticos sorriem e comemoram a vitória e a paz conseguidas com tanto custo de suor, produção e vidas.





É pela dedicação e coragem para enfrentar esses batalhões de bandidos até a morte que honramos todos os nossos queridos veteranos e aprendemos com eles a lição e o exemplo de como não mostrar nenhum medo diante das ameaças mais cruéis. Com os bravos combatentes do front soviético, aprendemos que tudo, absolutamente tudo é possível e nossa vontade é o único limite!





Dos veteranos ainda vivos e do orgulho que todos temos de sua indescritível contribuição para a humanidade, Wladmir Putin já disse em excelentes e bem escolhidas palavras no tradicional discurso presidencial que abre a Parada Militar com que a Rússia celebra seu dia mais importante todo ano. A nós, desde humilde blog, só cabe agradecer imensamente a colaboração das dezenas ou centenas de camaradas que ouviram nossas lamentações de 2011 sobre a falta de celebrações em nossos país até aquele ano, mesmo que virtuais, e começaram desde essa data a também comemorar o Dia da Vitória compartilhando imagens comemorativas pelas redes sociais, o que vem gerando no Brasil um bom resultado político de defesa da memória desse dia tão importante. Pode ser muita audácia o que vou dizer, mas parece claro para nós do Arsenal que desde 2011 criamos nossa própria Comissão da Verdade e popularizamos cada vez mais a eterna gratidão a todos aqueles que nos anos 40 eliminaram a barbárie fascista da face da terra, mesmo pagando com a vida para isso, sendo todo esse carinho voltado principalmente para os povos eslavos e seus geniais líderes.

Contudo, não nos limitaremos a isso.

Estamos já muito longe do 9 de Maio de 2014 e não cabe bem fazer tanta homenagem atrasada. No entando, ainda é possível alimentar uma chama e este ano nós do Arsenal nos juntamos mais uma vez aos trabalhadores e aumentaremos o fogo que queima nos corações de todos os que guerrearam em 45 no combate ou na produção e continua queimando. Essa chama que arde e aquece mais uma vez é o sonho de liberdade perseguido pela espécie humana em todos os momentos e lugares onde existe opressão!

Essa é a verdadeira chama eterna. Seja no combate à monarquia ou aos ladrões de países estrangeiros, os sentimentos dos povos livres de uma certa ameaça voltam a florescer em novas lutas populares. No Brasil de hoje, será no meio da celebração de um espetáculo para turistas de fora que as massas vão ensaiar mais uma vez a Revolução, sua verdadeíra, legítima e mais marcante festa. Imagem desenhada por Vladmir Seyer

E é com a intenção de engrandescer mais um pouco esta chama que, este ano, o Arsenal do Rivaldo fará uma celebração diferente dos anos passados.

 Em 2014, muito melhor que reproduzir as festas de outros povos ou alimentar saudades de um tempo em que o fascismo era combatido quando, hoje, segue vivo, fomentaremos a mesma Sede de Justiça e Liberdade que motivou no passado a queda de um império e haverá de derrubar outro muito maior no presente e no futuro.

Começa agora a Sabotagem Ideológica e Política!

"Fascismo é fome, fascismo é terror, fascismo é guerra!"
Os poucos cartazes contra o fascismo produzidos no Brasil não são simples
e diretos como este e nem são tão divulgados como eram na URSS
Mesmo sendo um país afrodescendente e vitimado pelo fascismo da Era Vargas, que chegava ao cúmulo de não só permitir que existisse legalmente um partido como a Ação Integralista Brasileira mas também se aliava a ele e chegou a chamar Mussolini para visitar o Brasil (que mandou a filha em vez disso), não se vê em nossas terras um sentimento antifascista tão forte quanto no leste europeu e tantas outras partes do mundo.


Não, isso não tem absolutamente nada a ver com alguma "natureza pacífica do povo brasileiro", o que é um discurso dos mais ridículos imagináveis. Tem a ver com a evidente falta de instrução política do nosso povo para conhecer sua própria realidade, sua própria história, e saber o que fazer para transformá-la, e esse serviço de instrução política contra o fascismo pouco se tem visto nas escolas semidestruídas do ensino público e muito menos nos currais humanos do ensino particular de nosso país. Também existe um grande vazio de atuação nesse sentido por parte de qualquer partido regular de direita ou esquerda do nosso país, quando não são esses mesmos partidos, autoentitulados ainda como 'de esquerda', que defendem fascistas como os que agora exploram o povo ucraniano, sem contar os que admiram Leon Trostsky quando ele defende Getúlio Vargas. Sem esse conhecimento básico, que não é dado por se associar o próprio Dia da Vitória e toda a luta contra o fascismo à figura caluniosamente demonizada de Stalin, ou não se vê atividade política popular contra medidas opressivas ou as pessoas começam a elaborar seus movimentos "sem bandeira e sem partido" claramente influenciados por forças partidárias discretas, como a mídia e os nazistas pagos por políticos para agredir manifestantes dentro de um protesto.

Alguém poderia ainda dizer que por não vivermos uma vida tão dura quanto os europeus com sua larga história de guerras e crises nó não para o próprio Vargas com o mesmo ódio que a grande maioria dos russos olha para Hitler, mas também estaria errado.

Escravidão é fome, Escravidão é terror, Escravidão é massacre.
Notem a semelhança entre a forma como o torturado está preso e o famoso
pau-de-arara da ditadura militar de 64, ficando numa posição submissa sem
qualquer proteção e com o ânus exposto a violações. Ao fundo da imagem,
outra forma de tortura corriqueira na época, o tronco.
Ao povo brasileiro, tanto hoje como a cinco séculos, tudo se nega ou se cobra caro, que também é uma forma de negar, exceto as balas e as algemas da polícia, os piores serviços de saúde e educação, o fácil acesso às drogas, horas e horas de diárias de novelas para moldar comportamentos pelo que passa por uma caixa de luz, som e mentira, (apesar desta última força ser mais recente)...

Os trabalhadores são isolados em verdadeiros guetos, no sentido mais opressor da palavra!

Nossas senzalas, casebres e favelas são campos de concentração para onde nos enviam por força da miséria, nos vigiam de toda forma o tempo inteiro 24 horas por dia com o grampo generalizado do
governo americano e com polícias corruptas treinadas e equipadas para matar e nesses guetos ficamos alojados, vivendo sem ao menos o básico 'assegurado ' pela Constituição!

Daí saímos para trabalhar em empresas que sugam nosso suor e nosso sangue (falta de investimento em seguança do trabalho, perseguição de pistoleiros...), "lucram como nunca" enquanto passamos sérias dificuldades e muitas vezes são estrangeiras e levam para muito longe o fruto do nosso trabalho e as riquezas da nossa nação.

Ao fim do dia, nos oferecem lixo cultural produzido aqui ou importado do império americano e folhetins televisivos de mentiras para moldar nossas ideias, gostos, comportamentos...

COMO NUMA VERSÃO LIGHT DA ALEMANHA NAZI, O BRASIL É GOVERNADO POR UMA ARISTOCRACIA DE LATIFUNDIÁRIOS ALTAMENTE RACISTA E DISPOSTA A GARANTIR SUA 'PAZ SOCIAL' COM O MAIS PURO TERROR DA INVASÃO DO HAITI, DA VIOLÊNCIA MORTAL DE SUAS POLÍCIAS E DA CENSURA SOBRE SUA IMPRENSA, DENTRE VÁRIOS EXEMPLOS.

"Se reclamar do grampo eu não te reelejo!"
O Tio Sam vigia a tudo e todos, nós mesmos do Brasil somos mais monitorados que os próprios cidadãos americanos, e os presidentes não fazem nada além de manter sua submissão e seus acordos comerciais, agindo como verdadeiros fantoches!

Isso não só no Brasil, mas em toda a América Latina e no Mundo!

COMO NEGAR QUE  SOMOS TODOS COLONIZADOS, PRESOS NUM CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DISFARÇADO DE 'GOVERNO DE TODOS'?! COMO CHAMAR DE "MUNDO LIVRE" ESSA VERDADEIRA PRISÃO DOS POVOS?!








http://www.viomundo.com.br/wp-content/uploads/2013/04/massacre-de-eldorado-de-Caraj%C3%A1s-1-e1366226096888.jpg
Massacre de Eldorado do Carajás
https://4.bp.blogspot.com/_nJRLUOQ-1lM/StG5znU2Q3I/AAAAAAAAA0c/jxF0JLy3yS4/s320/NEpasseata2.jpg
Liga dos Camponeses Pobreas (LCP) em Rondônia
 

http://www.diarioliberdade.org/archivos/imagenes/articulos/1111b/171111_latifundio_latuff.png Da mesma forma que os povos eslavos, estamos quase nas mesmas condições de roubo, escravidão e massacre disfarçadas em políticas de um "Brasil Carinhoso" .
É parecido com a situação dos cidadãos alemães, submetidos a um regime de terror que garante direitos trabalhistas e sociais (em nome de uma união pacífica de ricos e pobres unidos pelo partido/governo) com uma mão para censurar, matar e roubar com a outra.

Fica claro que o problema não é nada mais que falta de uma instrução coerente para refletir sobre problemas reias do Brasil e agir corretamente sobre eles.

Essa instrução não vem de instituições que, como bem diz Leonel Brizola, "são sustentáculos da ditadura, ajudaram a implantar a ditadura, mantiveram a ditadura e na sombra dela criaram um verdadeiro império da comunicação." Eles não fazem mais que defender o indefensável com seus filmes muitas vezes carregados de mensagens favoráveis à pedofilia ("Good Luck, Chuck", "Carros usados, vendedores pirados", "Lagoa Azul" e outros), seus 'jornais' onde a espionagem global é desculpa para se defender de terroristas e outros programas (do jô) onde senadores traficantes aparecem como tema para discutir legalização das drogas ao invés de penas duras e aplicáveis aos ricos.

A maneira de corrigir os nossos problemas também não é a fé estúpida em 'santos' endeusados por essa mesma mídia submissa ao capital, como está fazendo a tempos com "o menino pobre" que comprou um apartamento em Miami e fez uma GRAAAANDE REFORMA...  em seu banheiro.

Revolta dos Malês
Só o verdadeiro conhecimento, conseguido por fontes sérias e comprometidas com a verdade, como os livros, o wikileaks, os jornais independentes e várias outras fontes é que pode conduzir uma ação coletiva coerente. Essa ação também não pode ser delegada a supostos 'defensores do povo' ou seja lá como se apresentem; só a ação direta dos trabalhadores em defesa dos seus próprios interesses é que conduz as mudanças sociais verdadeiras que tanto sonhamos.

"Nem senhores, nem reis, nem chefes supremos; nada esperemos de nenhum!", já dizia uma mente brilhante que guiou nações inteiras para a liberdade longe das obscuras monarquias da Ásia.

"MUNDO LIVRE": UMA GRANDE PRISÃO DOS POVOS vigiada de perto pela águia americana

"Me liberte"
NÃO SÃO PRINCESAS QUEM LIBERTA OS ESCRAVOS. NÃO SÃO GENERAIS QUEM DECLARA A REPÚBLICA. NÃO SÃO JUÍZES QUEM DEFENDE A JUSTIÇA E LIVRA O GOVERNO DE TODA FORMA DE CORRUPÇÃO.

Só a rebelião do escravo, a ira dos servos e a luta dos cidadãos conduzem ao caminho penoso da liberdade.
Só a união dos trabalhadores pode condenar esses bandidos sustentados pelo roubo e pela dor da nossa gente, não uma justiça vendida e obediente às leis criadas pelos donos do Brasil e do Mundo!

Que caminho?
Não somos profetas nem vamos apontar caminhos imaginariamente para nos aventurarmos. Essa escolha depende, fundamentalmente, do conhecimento que tenham os revolucionários e de tudo e tudo que vão aprender com a prática, prática essa tão necessária à verdadeira construção do conhecimento e transformação da realidade que tantas pessoas, partidos e outras associações não fazem ou não dão a devida importância.

Enttretanto, é pura verdade, as barras das grades das nossas celas são fortes demais para se retorcer só pelo exemplo e pela força de vontade que tanto dizem (na escola, na mídia, na família) que devemos ter. Nossas algemas e bolas de ferro são pesadas demais para quebrar com "o respeito às regras do jogo democrático e sem vandalismo"; elas são parte fundamental do jogo e nesse jogo os grandes nos tratam como peões movimentados pelos números loucos da bolsa de valores, dos impostos e da inflação. É preciso, além de força e dedicação para romper essas ataduras, conhecimento, reflexão e coragem para também romper as outras ataduras, invisíveis, mentais, que nos impedem de fugir de nossos campos de concentração ou destruí-los. Isso tem vários significados. Refleta profundamente sobre isso e as respostas começam a aparecer porque "Quem não se move não sente o peso das correntes que o aprisionam", como bem afirma Rosa Luxembugo.



Muito bem! Você  percebeu as fontes da sua opressão e, se foi muito longe, viu que a polícia é só a mais extrema e menos usada delas. Que fazer agora?

Antes de mais nada, precisamos nos comunicar, e para isso usamos uma conexão tão segura e confiável quanto aqueles telefones com que uma pessoa fala com a outra durante uma visita num presídio de segurança máxima. Pensa que é impossível fugir disso?  ERRADO!
 
Nunca esqueçam, meus amigos, da lição mais importante que nos ensinam os veteranos russos: TUDO É POSSÍVEL. NOSSA VONTADE É O ÚNICO LIMITE.


E eis aqui uma das maiores prova dessa verdade universal:

ANONYMOUS, O TERRORISTA QUE ESCONDE O ROSTO, O I.P. E ATACA GOVERNOS INTEIROS


"Qualquer pessoa em qualquer lugar." 

Chamamos eles apenas de "Anonymous".
Sem nome, sem rastros, sem perdão, armados com computadores e reunindo-se em sites discretos duma internet oculta para planejar ataques a pessoas e organismos importantes em defesa da soberania do povo brasileiro e da liberdade na internet, não se pode confundir esses corajosos ativistas virtuais com a classe média ingênua que comprou a mesma máscara deles e foi às ruas protestar contra não se sabe o quê em direção a lugar nenhum naquela loucura que resolveram chamar "Primavera brasileira".

A prática do anonymous não é essa, ou não costuma ser.
"Tira a mão da minha internet!"
Sendo em geral anarquistas de classe média com bons conhecimentos de informática, só podemos aprender com suas técnicas de defesa e luta e desenvolver outras novas com base nelas. Pata se ter ideia do tipo de pessoas de que falamos, podemos lembrar como exemplo dos ataques do Anonymous a derrubada de sites do governo federal e do Exército Brasileiro, sites de depósito e exibição de pedofilia (coisa de mais de 100 gigabytes em uma única operação), supostamente derrubaram o site do governo da Arábia Saudita (motivos não faltam), vazaram documentos guardados nos e-mails da PF por senhas fracas, além de uma recepçãozinha cibernética pro Papa que a ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) não curtiu, também uma derrubada no site do PMDB em retaliação à truculência de Aécio Neves em 2013, conduziram a #OpRedeGlobo para mostrar repúdio pesado a esse câncer herdado da ditadura nos protestos de junho, dentre vários outros exemplos claros de que são guerrilheiros virtuais dignos de muitos elogios.

Enquanto no Brasil policiais sem nome na farda e com rosto tapado matam
pessoas, torturam e cometem outros crimes, na américa o Nobel da paz
manda aviões não-tripulados, comandados à distância, atacar cidades e
assim milhares inocentes morrem por armas de guerra. Isso não é
transmitido na mídia de massa, só a parte do Nobel da Paz.
Se pela internet é possível saber disso, é porque corre muita notícia em
segredo também nela, e é a essa parte dos segredos que estou te levando.
Com sua prática, claro, eles não chegam exatamente a derrubar a quadrilha de coroneis que impera no Brasil a 514 anos, mas se envolvem até o pescoço numa parte importantíssima da Guerra Popular pela liberdade, que é a guerra de informação. Nesse cenário, o wikileaks é um grande depósito de munições, cada hacker é fabricante desses explosivos e só o ativismo prático, off-line, é que transforma pessoas comuns em soldados preparados para usar toda essa carga explosiva iluminando seu caminho pela escura e arriscada trilha do caminho revolucionário. É essa postura ativa e bem organizada a melhor forma de se opor à estrutura de criação e distribuição de mentiras das grandes empresas de comunicação, permitindo aos novos escravos ao menos encararem a verdade de que tudo o que entendem por "livre, democrático e melhor do planeta" não passa de um grande império a explorar o mundo quase inteiro para se sustentar e promovendo grandes crueldades para se manter, como no teatro de horror do Iraque. Entender isso é básico para aderir ao repúdio internacional ao imperialismo americano.

Pessoas carbonizadas em sindicato ucraniano. Segundo a fonte,
os neonazistas trancaram as saídas, atiraram os coquetéis molotov,
só entraram depois de o prédio ter sido incendiado com pessoas dentro
e ao entrar espancaram até a morte os sobreviventes e os que pularam
para fora também foram agredidos mesmo feridos com a queda. Tudo
promovido, mais uma vez, com a aceitação silenciosa do "Mundo Livre" e sua
mídia.
O povo ucraniano quer vingança.

É aí que concordamos com o Anon: Primeiro devemos lutar pela verdade, pelo direito de conhecer o mundo como ele é, para só então lutar pela liberdade com muito menos chance de erro.
Para conhecer a verdade e transmití-la aos amigos de uma maneira segura, além de organizar uma boa rebelião na senzala, precisamos saber nos esconder e ter pombos-correio de muita confiança.Isso se faz com ferramentas on-line e off-line de proteção e ataque, fundamentais para quem deseja, de verdade, acabar com todos os impérios saqueadores do mundo.

*ON-LINE:

 Este é o ensinamento mais importante que o Anonymous nos oferece. São programas e técnicas de disfarce que servem como uma camisa no rosto durante uma manifestação, só que muito mais eficientes.

Antes de apresentá-las, uma informação importante:
SÓ POR TER ACESSADO ESTA PÁGINA SUA FICHA JÁ PODE ESTAR SUJA NOS ARQUIVOS DA NSA (National Security Agency, aquela que Edward Snowden denunciou por espionar o mundo).
Como eles têm muitas pessoas para investigar e dados para analisar, TALVEZ nem sintam se no meio do caminho que você cruzou pela internet existe um dia de visita a este texto. Mas, considerando a alta chance de nós já termos um alguma ligação antes de você chegar aqui e também a informação vazada de que a américa espiona mais a nós do Brasil que a seus próprios cidadãos, é importantíssimo para sua segurança que leve estas dicas a sério. Considere também não sair da normalidade e seguir sua navegação fingindo que nada aconteceu e que este texto é um poema inofensivo de uma adolescente apaixonada. Desligar a net agora, ficar desesperado, falar demais perto dos microfones ou do celular, enfim, qualquer outro vacilo pode acabar mal. Isto não é brincadeira!

Mais argumentos neste video que mostra uma realidade americana, é verdade, mas possivelmente bem brasileira:





1)TOR, o roteador cebola
Este é o primeiro passo para sua verdadeira defesa digital contra a espionagem.

TOR (The Onion Router), um navegador da internet baseado no programa do Firefox, é um veículo de acesso à rede mundial de computadores que leva a uma dimensão oculta da internet e ainda preserva a identidade do usuário. A ele é associada a imagem da cebola muito provavelmente pelo seu funcionamento que faz o núcleo invisível de tantas capas que põe sobre ele, mas permitindo que brote seus ramos pelos ares.

A internet oculta, chamada também internet pofunda ou Deep Web, que só se pode acessar pelo TOR (também com outros programas, mas principalemente com ele) é uma zona quase sem lei onde se prova todo dia como o ser humano consegue partir para os maiores extremos de bondade e de maldade.
Assim, como os depósitos de informações onde sites da internet ficam guardados não se sujeitam a lei de país nenhum, é na Deep Web que correm as maiores atividades subversivas da internet totalmente livres de qualquer controle estatal, exceto quando alguém vacila na defesa, consegue ser identificado e então se abre um processo para fechar uma cela.

Para se ter ideia do que se faz nessa internet profunda, foi aí que nasceu o Wikileaks e mesmo hoje continuam em pleno funcionamento centenas de fóruns hacker onde eles discutem quem, quando e com o quê vão atacar.. Também existem livros raros e proibidos em países sob ditadura, instruções para guerrilha e forja de armas caseiras... Mas nem tudo é filantropia!

Por se sentirem livres de qualquer investigação policial pelos seus atos, na mesma internet profunda se forma uma internet obscura, a Dark Web, e aí se encontra desde o tráfico de drogas do mundo inteiro até mesmo cenas de pedofilia, canibalismo e outras aberrações que a mente humana consiga imaginar, praticar e publicar. Só não é pior porque, quando não são as forças policiais que interferem nessa internet destruindo os depósitos de informação (e atingindo muito mais sites do que deveria), os próprios hackers resolvem derrubar o site pedófilo e ainda denunciam para a justiça, como fizeram os Anonymous em dezenas de operações.

Depois dessa rápida descrição geral, imagino que o leitor tenha sentido como estou falando sério e convicto quando recomendo isto para começar a se proteger. NA INTERNET, O TOR TE FAZ ANÔNIMO DE VERDADE, VAGANDO POR VÁRIOS SITES DO MUNDO COM IP (é uma identidade virtual) DE OUTROS PAÍSES E CODIFICANDO SUAS INFORAÇÕES.Tudo isso é perfeitamente legal em quase todo o mundo, sendo o uso do TOR perseguido apenas nos países que vivem as piores ditaduras, mas nem por isso impossível de usar porque não há lei no mundo que criminalize o anonimato virtual e a proteção voluntária de dados dos outros por codificação, como no desenho abaixo explica:

http://i2.wp.com/techgigs.in/wp-content/uploads/2012/11/tor2.png
Imagine que eu sou Alice e você é Bob. Para te mandar este texto, todos os dados que envio são codificados e enviados a um computador conectado não sei onde e dele saem para mais outro e outro sendo codificado mais uma vez pelo caminho e na saída ele é todo decodificado  e chega até você. Nesse emaranhado de codificadores internacionais fica difícil decifrar a mensagem no meio do caminho e ainda fica mais difícil saber exatamente de onde você fala, o que explica o motivo de eu navegar no Brasil com IP do Japão, Alemanha, Bélgica ou não sei mais de onde porque a escolha do percurso é aleatória. Eu só indico a saída, que agora é você.

Essa ferramenta é tão eficiente que simplesmente também é usada para comunicação entre militares, empresas, jornalistas, refugiados e outros para diminuir todos os riscos de vazamento de suas informações.

Desvantagens? Sim, também tem: O processo de codificação faz com que um texto de 20 Kb, por exemplo, chegue no nó de saída com o triplo do tamanho ou até maior, e isso prejudica seriamente a velocidade da conexão.
Não posso esquecer também de outra desvantagem ligada à própria prática anon:  
ESCONDER A IDENTIDADE NÃO É SÓ ESCONDER UM ROSTO, UM DOCUMENTO OU UMA VIDA, MAS VIVER REALMENTE VIDAS DUPLAS, OU TRIPLAS, E FAZER PARECER QUE TODAS SÃO REAIS!

-Não usem nomes reais em contas de usuário e senhas (se usar, limite a apenas 1 "vida" sem qualquer ligação com as outras).
-Não mencione nada que posso identifica-lo.
-Não mencione seu fuso-horário, exceto para o TOR que precisa do seu relógio em horário pontual para funcionar.
-Não mencione suas características físicas
-Não mencione nada sobre seus amigos e sua família.
-Não se conecte-desconecte em várias redes sociais ao mesmo tempo, para não relacionar uma conta com a outra.

Ademais, é preciso também saber inventar histórias e mesmo criar algumas provas falsas, habilidade que se desenvolve fácil com o tempo e é elementar para ao menos confundir os espiões.

 Maiores informações e link para download no site do Projeto Tor. É bom saber um pouco de inglês para entender.


2) Apagadores de rastros
Não estrague seu próprio anonimato!

"Eu estou vendo você!"
Além de fazer com que não rode no computador nenhum outro programa que possa se conectar à internet além do TOR (Monzila, antivirus, Media Player), é preciso de vez em quando apagar alguns arquivos que provam como você é um mal escravo e desobece em segredo tantas vezes às ordens dos seus senhores de não sonhar com um mundo diferente das mentiras que eles vendem.

Essas marcas vem do funcionamento do próprio windows que sempre registra em documentos ocultos ABSOLUTAMENTE TUDO o que você faz com ele.
Sabendo que a Windows foi uma das primeiras a receber dinheiro do governo americano para colocar detalhes tão íntimos das nossas vidas em suas mãos, não vamos deixar eles saberem o quanto você gosta de ouvir Rap Nacional comprometido com os trabalhadores, músicas contra a ditadura militar de 64 e também contra a ditadura atual, sem falar dos vídeos soviéticos e inúmeros textos subversivos que valeriam 3 horas de tortura em outros tempos e estão guardados carinhosamente com você.

Destrua esses relatórios usando programas como o Prevent Restore e o Ashampoo Windows Optimizer. Ao contrário da exclusão simples de Delete+Enter, eles excluem de uma maneira que fica impossível recuperar os flagrantes e ainda vão apagar 'impressões digitais' gravadas nas pastas mais desconhecidas do disco rígido.

3) Falsidade Ideológica
Se, assim como eu, você tem um envolvimento com o sonho da liberdade de todos os povos tão grande que ficaria difícil abafar com exclusões de relatórios para a CIA, pode também ser mais filho duma égua do que eles e falsificar nomes:

"Guerra à privacidade"
. Músicas e animações soviéticas ganham títulos de sucessos do forró, MPB ou techno;
. Arquivos entitulados com letras dos alfabetos russo, chinês ou coreano viram cópias do mais legítimo axé baiano;
. Livros são escondidos junto com outros documentos estranhos da pasta da impressora (Mini-manual do guerrilheiro urbano vira manual de instrução sueco);
. Pastas antes chamadas "Imagens Socialistas", "C&C Red Alert 3" mudam para "Temp" ou "Nova pasta" e são movidas para lugares estranhos de C:\\Windows, quando não têm título associado com assuntos pornográficos e guardadas junto com imagens e vídeos comuns e;
. Antes de fazer uma conexão pelo TOR para viver a segunda vida, dar um pulo na pasta de contas do Windows, mudar o nome do Administrador para ADMIN, Master ou coisa parecida e criar conta de usuário visitante chamado "Visitor", USER, SLAVE ou sei lá o quê para acessar pelo TOR, excluindo para sempre o próprio TOR e a conta de visitante no fim da sessão, sem esquecer de voltar o nome do administrador para o que estava antes.

Todas essas dicas valem, claro, partindo da ideia de que um arquivo não vá guardar nos seus dados os nomes anteriores, evitando serem descobertos durante uma bisbilhotagem qualquer.
Para não perder para sempre o nome dos originais, lembre sempre de fazer um backup deles na forma original num DVD, onde ficam protegidos de acidentes elétricos e olhares invasores.

4) Pegando pesado

. Usando fita isolante, meias pretas com durex, papelão, borracha ou o que acharem melhor, tapar as lentes de webcams e buracos de microfones sempre que der vontade de chamar os amigos á luta;
. Usar serviços de telefone virtual para receber SMS de segurança e poder acessar o facebook sem eles ao menos souberem se você realmente é brasileiro;
. Investigar nomes de Lan Houses e colocar como nome de Administrador do computador só para confundir;
. Trocar senhas de tamanho mínimo por outras de comprimento máximo, como "Grampeie o cu do seu pai, espião fio de raparig4!", "REBANHO.DE.GUARDINHA.24!", "Batatinha quando nasce esparrama pelo chão. Eu estou te esperando com o meu fuzil na mão. DEFENDER E APLICAR O MARXISMO-LENINISMO-MAOÍSMO! \o/\o/ o7". A importância disso é a mesma de ter uma corrente de bicicleta com muitos números, já  que quanto maior for a senha maior será o tempo que os invasores passarão tentando descobrir pela força dos músculos ou de programas especiais. Confira aqui alguns exemplos.


EU POSSO ESTAR ERRADO, OU NÃO!
De qualquer forma, e também para se atualizar, ficar garantido, trocar ideias e não deixar de descobrir alguma tática interessante que não citei aqui, é interessante o camarada leitor checar os seguintes links:


Fuja da NSA! O guia completo de proteção online e criptografia (tem dicas até demais)


Quilombo virtual que os Anons fizeram e deixaram na internet comum 
www.anonymousbrasil.com


Grupo Anonymous do Brasil para o facebook. Não transmite muitos programas, mas é bom para conversar, fazer amigos, trocar experiências...

Melhor que isso, só na deep web com os programas criminosos ou quase criminosos que não vou dar maiores explicações para não dificultar minha defesa quando for processado por divulgar este texto.


*OFF-LINE:
Agora a parte que não tem a ver com anon, e sim com a necessidade de todo bandido, policial, manifestante e repórter de se proteger fora da internet de ameaças e cabuetagens. Não pense que isto é mais ou menos importante que a proteção on-line. Todo conhecimento que servir de verdade para evitar que você sofra é útil!

Considerando nossa história, e mesmo a de quase todo o Ocidente, vemos que mudam os nomes, mudam algumas condições de se conduzir políticas gerais, mas continuamos vivendo hoje a mesma agonia que nossos antepassados a mais de um século!

O mundo continua divido entre colônias mais ou menos pobres e metrópoles, onde os países ricos fazem a festa com tudo o que conseguem pilhar de países pobres através de marionetes políticas num grande esquema mundial de submissão econômica que chamam "Divisão Internacional do Trabalho". Para garantir a continuidade do roubo internacional e do desmanche de identidades culturais, como tanto sonhavam nossos militares de 64 para o Brasil, em quase todo o mundo a soberania política dos trabalhadores para decidir sobre suas vidas se reduz a pó, assim como identificação de pessoas contrárias ao regime vai ficando cada vez mais avançada e invasiva, os processos de perseguição continuam brutais, a economia é invadida por empresas de fora, as defesas militares, energéticas e econômicas de umas nações caem pelas redes de espionagem de outras e você é fichado como possível terrorista!

É A REPETIÇÃO DE UMA HISTÓRIA DE SÉCULOS DE LATIFÚNDIO E ESCRAVIDÃO INTERNACIONAL!

Hitler e o avô de George W. Bush, com quem mantinha boas relações
comerciais. Desde muito tempo a família Bush mantém a tradição
de celebrar negócios obscuros, fortalecendo núcleos de poder
internacionais importantes para a dominação de um império
global baseada no mais puro desrespeito aos Direitos Humanos.
Os ricos fazem fortuna com o sangue dos pobres e, mais uma vez, a
história se repete, o que fica claro nessa foto.
Com essa olhada sobre o passado, revelamos que os meios avançam de acordo com o avanço da tecnologia e das conquistas sociais, mas os fins de toda a repressão continuam os mesmos de muito tempo atrás! Foi assim com a escravidão, com o Plano Cohen, o AI-5 e é assim o PRISM, o Vento Estelar, a portaria 186/14 do Ministério da Defesa e outros instrumentos que virão. Todas essas barbáries foram criadas em defesa da supremacia do poder do capital. Uma política e um mundo dos ricos, para os ricos e pelos ricos, deixando aos pobres nada além da miséria e das balas da polícia.

Assim, para além da internet, só podemos concluir também que os meios para resistir à essa opressão podem e devem ao menos se inspirar nos modelos de resistência ensinados pelo passado, como os que praticávamos no tempo da nossa ditadura, dentre eles:

- Usar borracha, isopor ou coisa parecida para tapar o microfone do celular quando não usar, deixando de preferência na gaveta de meia do armário bem fechada (isso eu inventei)
- Usar perucas, bigodes postiços e outras artimanhas de disfarce físico, especialmente para fazer fotos 3x4
- Se apresentar para pessoas novas com nome falso
- Usar influência de algum parente poderoso (juíz, promotor, oficial da PM), mesmo que seja um blefe
- Se esconder em fazendas e povoados distantes
- Sair de casa levando camisa reserva e boné para trocar rápido de roupa e confundir câmeras e guardas
- Tomar o máximo de cuidado e medidas preventivas para quando tiver que colocar a privacidade em risco (como guardando em casa todos os discos e fotos que possam ter no carro para o lavador não ver, esconder material subversivo mesmo dos faxineiros, jardineiros e técnicos de infomática que você até confia etc.)
- Nunca fazer tatuagens e evitar expor as que estão feitas
- TAPAR O ROSTO E ESCONDER A VOZ SEMPRE QUE POSSÍVEL NAS MANIFESTAÇÕES
- Adotar estilos de escrita e retórica diferentes para cada uma de suas identidades
- Manter o silêncio em situações onde você tomaria frente e agir quando você não daria a menor importância, a depender da identidade que você queira fingir ser (por exemplo, não participar de nenhum debate na universidade quando o professor pedir opiniões)
- Fechar bem portas e janelas, andar só de meias, usar headphone e produzir o mínimo possível de ruído quando estiver no TOR fingindo ser outra pessoa, para fingir aos fofoqueiros mais próximos que você não estava ou estava dormindo enquanto estava sendo o outro-eu
- Dar endereços falsos para tratar de assuntos subversivos, de preferência perto de bares, e ficar observando quem aparece no local, aparecendo depois para as pessoas com quem marcou compromisso com qualquer desculpa explicando porque não estava na casa que não era sua
- O que mais você considerar interessante pra sua segurança

Claro, nem tudo isso era prática do passado e muito eu realmente inventei, mas a intenção de usar maneiras não viruais para fugir da repressão e ainda se divertir com isso é exatamente a mesma que a dos nossos orgulhosos combatentes contrários à ditaduta, por exemplo. Agora vamos para além disso.


*PÓS-DEFESA:

Para vencer os efeitos dos gases lacrimogênio ou pimenta, o vinagre substitui o antiácido líquido e dispensa diluição, apesar de ainda ser efetivo na proporção de 2 partes em cada 3. Leite também serve mesmo diluído, mas é caro e não é tão rápido como vinagre ou Maalox

Como puderam ver até aqui, a posição do Anonymous frente ao mundo real, por mais que até organize eventos off-line e pôsteres como esse de cima, é extremante defensiva e principalmente voltada para o virtual.

Balaiada. Levantes como esse dificilmente são organizados com anonimato.
 Essa maneira de agir, tão longe da rua, dos trabalhadores, da gente comum, pode ser a ideal para ficar impune depois de vazar alguns arquivos da Polícia Federal ou vandalizar o site da Presidência da República, mas é praticamente impossível para montar um vínculo afetivo com uma comunidade e daí partir para ações mais ousadas, como uma Semana do Antifascismo ou uma guerrilha por exemplo. Pela forma do Anonymous, que não podemos chamar de passiva, mas de menos ativa, apenas uma parte do trabalho político fica completa, que é o campo da internet, do fluxo de ideias, faltando o trabalho político no mundo real para complementar toda a atividade e mobilizar as multidões. Ou seja, ser anonymous pode ser bom para hackear, se esconder durante um protesto, fugir do país, mas não se pode ir além disso e nem sequer é possível continuar anônimo à medida que sua influência política vai crescendo e ficando disciplinada e ativa.

Uma hora a máscara tem que cair e cai por mais que se queira evitar. Mesmo com Che Guevara, por mais que usasse documentos falsos, bigode postiço e maquiagem, a descoberta de identidade acontecia. Isso é típico da construção política: É preciso que interagir com as pessoas, ganhar a confiança delas, mostrar a lógica do movimento que um ativista defende e só então se pode esperar sucesso!

"NÓS PODEMOS PARAR A ESPIONAGEM DE MASSA! PELOS
DIREITOS CONSTITUCIONAIS!" Como se organizariam esses ativistas
sem a clássica comunicação cara-a-cara? É uma questão de confiança e
disciplina dar carão e mostrar coragem para dar a cara a tapa!
Por conta disso, nós da redação começamos já a deixar de lado essa retranca de ser Anon estamos começando a nos expor, apesar de manter a defensiva na internet. É praticamente impossível seguir com uma postura ativa e organizadora na vida real se escondendo atrás de uma máscara!

De quebra, temos um bom motivo para sair um pouco da rede: Em todo o Brasil, incluindo minha amada cidade de Recife, o governo federal tem aumentado sua presença com o envio de soldados AGORA, muito antes da copa e mesmo após o fim de algumas greves policiais, sem previsão para sair, numa clara demonstração de força do Estado para intimidar e reprimir os cidadãos durante a festa de ricos desenhada pela FIFA.

Medo?!
Não há tempo para isso. 


Se o governo aponta fuzis de guerra para o próprio povo na cidade, como na ditadura, partimos para o campo, como em Araguia. A FORÇA NACIONAL E O EXÉRCITO SÃO ELEFANTES GRANDES E GORDOS COMPARADOS COM O IMENSO PODER DO MAR DE FORMIGAS DA ROÇA QUE É A CLASSE TRABALHADORA UNIDA!

"AGÊNCIA NAZISTA DE ESPIONAGEM!", "ABAIXO A NSA!" Mesmo
vivendo em grande conforto comparado com nós do terceiro mundo, os
cidadãos americanos não esperaram um Joaquiem Barbosa cair do céu e,
sozinho, defender as intenções de milhões de pessoas; FORAM ELES
MESMOS À LUTA PELO DIREITO DE NÃO SEREM PRISIONEIROS DE
UM GOVERNO DITATORIAL
. Assim barraram o Vietnam, assim acabarão
com o grampo geral.
Se pretendemos tomar frente na política do Brasil, pisar forte no chão e deixar bem claro para o mundo que o gigante não voltou a durmir e não vai aceitar calado mais essa situção, a última coisa que podemos sonhar em fazer é nos esconder atrás da tela de um computador, compartilhar mensagens numa rede social e esperar que alguém comece a tomar uma providência!
SEJAMOS NÓS A  DIFERENÇA!
 
O governo pode cercar estádios com tanques para garantir o acesso dos torcedores aos jogos, mas nunca poderá nos impedir de lançar sementes de resistência pelas periferias, pelo interior do país ou mesmo pelas áreas próximas a hotéis e principais vias de acesso porque somos muito mais!

PODEM ELES NOS ESPIONAR COM SEUS GPSs E OUTROS ELETRÔNICOS, mas não podem ainda nos calar nem impedir nossa união!

 O povo brasileiro, muito diferente do que nossa mídia fantoche tenta vender, é um povo guerreiro e consciente que tem toda a vontade de seguir seu próprio caminho e sabem bem o que deseja, ainda que cometa alguns erros, todos sanáveis com mais e mais prática política. Foi assim nas dezenas de rebeliões que tivemos em toda nossa história e continuaremos tendo, seja na formação de quilombos, balaiada, sabinada, cabanagem, Confederação do Equador, MMDC, MR-8, Araguaia, o maior sucesso, LCP e inúmeras outras movidas por milhares de sindicatos, associações e cooperativas!

Por todos esses motivos, apesar do atraso de 15 dias, celebramos com grande honra a vitória dos povos eslavos sobre a tirania fascista e tomaremos a gigantesca bravura do povo soviético como inspiração para que queime no Brasil a chama do sonho de liberdade e ela guie nosso caminho para um novo Brasil, um Brasil realmente de todos, um Brasil soberano e democrático, livre das algemas da dominação estrangeira!!!

http://www.theblogmocracy.com/wp-content/uploads/Ukranian-Nazis.jpg
Eis a força ucraniana que deseja europeizar o país: NAZISTAS!
Eis que então, como a 80 anos atrás, o Ocidente apoia essas escórias, num
verdadeiro vale-tudo contra a Rússia em defesa do capital imperial.
Prova disso é a visita de John McCain em apoio a eles.
Desejamos também a todos os povos do mundo, principalmente os povos eslavos agora vitimados pelos fascistas amplamente apoiados pelo Ocidente, que tenham a mesma força, firmeza, coragem e sucesso que tiveram os negros do Brasil ao treinar uma poderosa arte marcial disfarçada de dança para se rebelar contra seus donos e fugir para a liberdade nessa ofensiva contra o fascismo e contra o Ocidente que vocês estão vivendo e temos certeza que ganharão sem dividir a Ucrânia em duas.
Além da bravura e do suporte da Rússia que está sendo crucial e muito bem vindo pelo povo, como aconteceu com as festas na Crimeia com as quais os russos foram recebidos, isso não será como nos anos 40: Odessa, que tem fábricas de fuzis construídas nos dourados tempos soviéticos, é uma chave para a liberdade, o tríceps que dá força à resistência contra esses bandidos e em sua produção está depositado o futuro do país. CAIRÃO TODAS AS RATAZANAS INIMIGAS DA PÁTRIA, INCLUSIVE OS MERCENÁRIOS AMERICANOS! Por maiores que sejam as dificultades, por mais difícil que seja a caminhada, o futuro a nós pertence!
Vencemos em 1917, vencemos nos planos quiquienais, na Grande Guerra Patriótica de 1945, na Guerrilha do Araguaia, no Vietnam, China, Coreia, Laos, Camboja, Cuba e a luta segue firme no Peru, nas Filipinas, Índia, Butão e em todas as cidades onde a Toda-Poderosa classe trabalhadora se levante faça sentir seu imenso poder na derrota fulminante de todos os seus inimigos!

AS REVOLUÇÕES SÃO FESTAS DO POVO, NÃO O GRANDE TEATRO DA FALSA "FESTA DA DEMOCRACIA"!


NÃO É ANTI-HISTÓRICO TOMAR COMO NOSSAS AS DORES DO ESCRAVO NEGRO OU DO PRESO DA DITADURA; AO CONTRÁRIO, É UM PROFUNDO EXERCÍCIO DE APRENDIZAGEM DO HOJE PELAS RAÍZES CRAVADAS NO ONTEM, FUNDAMENTAL PARA CONSTRUIR O AMANHÃ!

SEJAM ESCRAVOS X SENHORES, SÚDITOS X REIS, OU POBRES X RICOS, O CARÁTER UNIVERSAL DA LUTA DE CLASSES É UMA CLARÍSSIMA SEMELHANÇA QUE UNE A TODOS NÓS PELA DIFERENÇA. 

"ESMAGUE O VERME FASCISTA!"
NUNCA MAIS PUREZA RACIAL

NUNCA MAIS ESCRAVIDÃO DE NAÇÕES INTEIRAS

NUNCA MAIS GENOCÍDIOS

NUNCA MAIS NAZISMO


NUNCA MAIS CAMPOS DE CONTRETRAÇÃO! NUNCA MAIS SENZALAS! NUNCA MAIS FAVELAS!

SOBRE AS CINZAS DE UM INIMIGO CAÍDO, A ESPERANÇA SEMPRE VENCE!

TUDO É POSSIVEL! NOSSA VONTADE É O ÚNICO LIMITE E SOMOS TODOS NÓS, DE TODAS AS CORES, RITMOS E SABERES, PROVAS VIVAS DESSA VERDADE UNIVERSAL!


EM MEMÓRIA E AGRADECIMENTO AOS VETERANOS ESLAVOS, COM QUEM MAIS APRENDEMOS A RESISTIR E A ACREDITAR NA VITÓRIA DE UM SOL BRILHANTE SOBRE AS TREVAS ESCRAVIDÃO.



https://scontent-b-ams.xx.fbcdn.net/hphotos-ash3/t1.0-9/1964821_539491022830301_878311799_n.jpg

FASCISMO NUNCA MAIS!

#SOMOS TODOS SÍRIOS 

#SOMOS TODOS TURCOS

#SOMOS TODOS UCRANIANOS



AGORA É COM VOCÊ, CAMARADA: BAIXE O TOR, SE DEFENDA DA NSA, CIA, ABIN E OUTROS REACIONÁRIOS E VENHA CERCAR OS ESTÁDIOS, AS CIDADES E OS PAÍSES RICOS APLICANDO NA PRÁTICA TODO O SEU CONHECIMENTO!

 VIVA A REVOLUÇÃO!
GUERRA POPULAR CONTRA TODA FORMA DE ESCRAVIDÃO!
VITÓRIA!!!



*** Este texto segue as intenções do Programa Nacional Contra a Mentira
*** Para ter mais sucesso na luta pela liberdade, confira as Dicas Úteis para Formar Novos Socialistas

Um comentário:

  1. Camarada Rivaldo,
    Parabéns pelo seu blog. Excelente mesmo! Eu li sobre as medidas para se proteger na net, e já usei algumas das táticas que você citou. Mas quer saber? Não vou mais me preocupar tanto em me esconder. Estou nessa luta desde que me entendo por gente (desde os anos 80), e vou enfrentar os fascistas até meu último dia de vida. Não os temo! Aqui fala um revolucionário e por essa causa morro, se preciso for! Até a Vitória, Camarada! Morte ao fascismo! Morte ao sionismo! Morte aos EUA! Viva a Revolução!

    ResponderExcluir