sábado, 21 de julho de 2012

Tua importância neste Mundo





"VOCÊ ESTÁ INSCRITO (no Exército Vermelho)?" É um chamado para escrever a história!

Como se diz no Telecurso, uma dos poucos serviços que Globo faz pelo bem da humanidade (e talvez por isso mesmo só passe das 5 às 6 da manhã), 'na teleaula de hoje veremos porque, mesmo sendo só mais um na massa,o indivíduo deve agir sempre pensando como parte de um coletivo e que, por mais pequenas que pareçam, certas atitudes aparentemente individuais devem ser repensadas e até banidas justamente por gerarem efeitos econômicos, políticos, sociais e ambientais.'

Antes de iniciar o texto, devo fazer e publicar uma autocrítica (reflexão sincera sobre pensamentos e atitudes da mesma pessoa que está refletindo para avaliar profundamente suas posturas (coisa de comunista)) aos amigos leitores. Lamento informar que, apesar dos vários estímulos para escrever algo que venho recebendo desde o dia do post de aniversário deste blog, neste ano de 2012 escreverei muito menos do que tinha planejado, o que, assumo eu, não me permitirá cumprir as promessas que fiz a vocês no ano passado dentro do prazo esperado. :-(

Eu podia estar criticando isso também...
A miséria que põe crianças em trabalhos ameaçadores, como a venda ambulante de doces, o porvir do julgamento do mensalão do PT, as execuções sumárias por parte da polícia que deixam claro que, no Brasil, existe pena de morte, o aburguesamento dos movimentos sociais, especialmente os pelegos que usam de recur$o$ público$ para comprar whisky, apito e cerveja ou mesmo as Marchas de Vadias que gritam por respeito por um lado e expõem suas intimidades em via pública por outro (uma contradição tão absurda quanto Xuxa falando em contra o espancamento de crianças e a pedofilia ou manifestantes ambientalistas queimando óleo de baleia "pra fazer fumaça e chamar a atenção"),
Não se iludam: Ambas não são práticas revolucionárias; são apenas
manifestações dos ricos e da classe média contra a Moralidade, uma para
obedecer ordens patronais em nome da Audiência e outra provalvemente
por gostar em segredo de se exibir em público e ter na Marcha das Vadias
uma desculpa para se realizar.
a Corregedora do CNJ querendo punir os "juízes vagabundos", talvez aqueles que acobertam a Globo e legalizam a prostituição infanto-juvenil , e agora o teatrinho de fantoches internacional que chamam 'Rio +20', tão verde quanto notas de dólar, além de tudo o que se vai dizer neste ano de eleiçõezinhas (pequenas, mas nem por isso baratas) para prefeito e vereador, dentre outros assuntos... Quantas oportunidades pra sentar o cacete neste espaço ainda livre (apesar de excluirem blog de vez em quando)! Mas onde está Rivaldo?


Rivaldo está em casa, preso nos seus vícios leves (Counter-Strike, Sim City e outros, dos quais tenho tido sucesso em me livrar), acordando tarde, brincando de futebol com o irmãozinho, tentando fazer o milho que plantou no quintal brotar... É, isso é improdutivo e me põe numa situação vergonhosa. Poria, se fosse só isso. Na verdade, estou descansando depois de um longo período de faculdade seguido de estudos pesados para concurso público. Sentar aqui para escrever e ainda montar imagens para distribuir subversão gratuitamente não é de graça.
Uma boa representação minha agora
Há uma série de gastos para isso e para pagá-los eu tenho que dar duro trabalhando ou estudando, por isso o sumiço, sem falar do longo tempo passo sem computador graças à ação sádica de oportunistas virtuais e suas hordas de vírus que me deixam vários dias off-line, atrasando este post.
Que me perdõem os camaradas, mas tive que sumir por um tempo. Ainda assim, apesar do precisioso tempo que perco com essa inutilidade tão importante que chamam Lazer, sigo firme e fidelíssimo à causa e mesmo esse costume que impede parte das minhas leituras subersivas poderá, perfeitamente, ser usado a nosso favor, especialmente aquele jogo que passei aqui, o Red Orchestra 2, além dos conhecimentos que obtenho com os estudos universitários e para esse concurso.
Não percam suas esperanças em mim. Apenas esperem mais alguns meses e contentem-se com o conhecimento que lanço aqui quando tenho tempo. Assim que me livrar disso só não 'falarei' mais que em 2011 por estar metido em atividades locais e estudos aprofundados da Grandiosa Ideologia da Revolução Proletária Internacional, o Marxismo-Leninismo-Maoísmo. ESPEREM E VERÃO, CAMARADAS!

Por ora, vamos atentar para o que se segue neste texto. Começando do básico, a Vida, e refletindo dialeticamente sobre ela, o que nos leva a uma análise de opostos, onde entra a Morte.
Não, hoje este autor não está nem um pouco inspirado nas obras de Zé do Caixão. Apenas me preocupa muito o gosto e até várias atitudes de milhões em seguir com práticas que os levam à própria destruição. É para revolucionar essa forma de pensar que estou aqui hoje.

1) Viva e se deixe viver




Tem dias em que as coisas ficam tão difíceis, impossíveis até, que fica complicado não pensar o quanto somos pequenos nessa Terra de gigantes que, quando não ignoram a pequeneza da existência humana, conseguem passar com uma facilidade imensa sobre tudo o que uma pessoa constrói com muito esforço e até sobre a própria pessoa. Uma coisa horrível!

Pinheirinho: morte, sofrimento e despejo numa grande 'Aula de Democracia'
fornecida a São Paulo pelo governo tucano

É um sentimento desgraçado que dá na gente na escola, com um maldito tribunalzinho particular regido por um ditador assalariado que chamam "Sala da Coordenação", onde difamação, a calúnia e o assédio moral viram matéria-prima do clima de tormento que paira pelo colégio; no trabalho com puxassacos de toda espécie destruindo a imagem e os frutos do trabalho de quem realmente se dedica pela empresa e faz valer o pagamento; nas lojas, onde se tem uma noção muito maior das condições miseráveis em que se vive, ainda mais com o filho pedindo brinquedo e lanche e a gente sem poder dar; em casa, com a compania de gente que esculhamba mesmo com tudo, como a empregada, a mãe ou o pai que sentam o chinelo na cara, no braço, nas costas e onde mais podem por besteira, como um comentário sincero sobre algum parente muito sacana, um acidente que sujou uma roupa ou quebrou alguma coisa, além das relações amor e muito ódio de alguns casamentos, onde o cara chega puto ou bêbado em casa e senta o tapa com vontade na esposa, nos filhos ou até no cachorro... Enfim, doses e mais doses de dor experimentadas por bilhões de pessoas quase todo dia na forma como vivem neste emaranhado social de violência e roubo que chamam 'civilização' (essa reflexão foi uma das mais marcantes para Sigmund Freud concordar com as ideias de Karl Marx).
A ditadura acabou, mas quem mandava nela continua

E vai muito além da vida pessoal: As maldades que o homem pratica ao mundo todo e a si mesmo estendem-se a municípios, unidades federativas, regiões, países e até continentes inteiros! Uma escalada global de destruição e poluição convertendo florestas nativas inteiras e aquíferos em desertos, fumaça, esgoto e lucro; o governo, que deveria proteger, passando por cima de bairro pobre e terra indígena com escavadeiras e viaturas em nome de uma hidrelétrica ou especulação imobiliária; os investimentos em energia fóssil que são muito maiores que os que fazem em fontes alternativas; a miséria da vida e da morte humana; guerras sem sentido; comércio de corpos vivos e mortos de mulheres e crianças aos montes; corrupção escancarada; a perversão escancarada e fomentada por todo o Planeta por ondas de FM e TV com uma conivência jurídica absurda que puderam ver aqui mesmo neste blog; as formas legalizadas de comprar apoio da opinião pública, manifestado, dentre várias formas, através do voto que se consegue com cotas para faculdade pública sucateada, IPI reduzido de novo pra ajudar na compra de geladeiras, fogões e carros populares (coisa bem mais eficiênte que armações de óculos, dentaduras e sacos de cimento), dentre outros, perpetuando os planos antinacionalistas do Estado de coisas de coisas chamado NeoLiberalismo ou Globalização, a celebração mundial da escravidão econômica de nações inteiras manipulada na edição do Jornal pra parecer linda...

O resultado do consumo irresponsável tão divulgado como valor
fundamental para todos os povos, orgulho maior da forma atual de produzir
e distribuir riqueza. Evidentemente, QUUAAANDO isso passa na TV é
muito bem maquiado e seguido de votos hipócritas de esperança através
do trabalho e do estudo dos pobres, como se fosse só essa a fonte do
problema
Juntando isso tudo com problemas pessoais, aqueles causados pela/o amante da pessoa que você tanto gosta, ou quaisquer outros dessa natureza, a vida realmente fica um saco e vem à cabeça uma vontade imensa de acabar com todo esse sofrimento de uma vez, pra aliviar a dor e poder descansar em paz...

As carruagens para o 'paraíso' são as mais diversas para chegar nesse mundo livre de tanta agonia e desespero: "Chumbinho", gás de botijão, estrequinina, fumaça de carro, guardacorpo de varanda ou de ponte, cordas e lençóis... Além das formas de fazer isso bem devagar com a vontade latente de ir de vez dessa vida ou mesmo só para aliviar a dor com algo que mata bem aos poucos (ou um tanto mais rápido). Aí entram as centenas de drogas que a natureza e o homem reproduz ou inventa em massa em laboratórios.
Uma dose, um gole, uma baforada ou um pulo que seja, e se acaba todo o mal que lhe aflingia...

NÃO FAÇA ISSO!
Por mais que pareçam só seus, os problemas que tanto abalam sua mente vão muito além do que uma cabeça atormentada consegue raciocinar, mas nem por isso são impossíveis de resolver!
SUA VIDA É SUA MAIOR RIQUEZA! NÃO TEM COMO VOLTAR ATRÁS DEPOIS DE FAZER A GRANDE IDIOTICE DE ABRIR MÃO DELA. DEFENDA SEU MAIOR BEM COM TODAS AS SUAS FORÇAS E SÓ FAÇA COM ELE TUDO DE MELHOR QUE PUDER!

Você tem uma força estrondosa e uma importância imensa para todo o Mundo pra desperiçá-la desse jeito. És imensamente poderoso/a e nem sabe!Continue lendo e entenda.

Entenda, caro leitor depressivo (ou não): Existe algo acima de você, muito maior que você que tudo sabe e tudo pode fazer porque tem pleno poder para isso. Pense nisso como Deus se quiser, não me importo, mas faço questão que saiba também da existência de outra força toda-poderosa capaz de mover montanhas, criar ilhas, analisar pontos distantes do cosmo e mudar estruturas políticas fortes que resistem milênios sem cair, mas caem. Essa força, meu amigo, vem da união da Sociedade, mais especificamente daqueles que criam, transformam, destroem e reconstroem tudo o que você pensar e mais um pouco: AS CLASSES TRABALHADORAS, que realmente botam a mão na massa e fazem com a natureza e de consigo mesmas tudo que se pode imaginar.

Estádio 'Ninho de Pássaro', outra grande provas do que é possível fazer juntando forças para um fim comum


Nada supreendente no vídeo? Pense que antes de adotar o regime que fez dos povos eslavos e outros povos irmãos virarem a 2ª maior Potência Econômica do Mundo em 30 anos, não passavam de povos miseráveis, analfabetizados e alcoolizados vivendo em pequenos lotes de terra com tecnologia rudimentar sob as ordens de nobres parasitas


Fabergé:Ovos dados aos Czares
em celebração à Páscoa, festa
religiosa importante para a Igreja
Ortodoxa. Nem preciso dizer de onde vinha o dinheiro desse luxo

Servos do Czar. Quando não estavam passando frio sub-polar com roupas
que aquecem pouco e sapatos de casco de árvore nas terras do rei, bebiam
vodka pra enganar a fome, dançavam ao som da balalaika pra se aquecerem
e se metiam sem armas e até com uniforme incompleto numa guerra sem
sentido para morrerem de fome, tifo, bombas, peste ou fome em nome do
'Paizinho' Czar



. Sente-se péssimo com a miséria do mundo? Os comunistas deixaram bem claro nos países que dominaram que é perfeitamente possível erradicá-la e denunciaram há décadas que ela existe não porque é natural do Çer Umano, mas porque é intimamente ligada com Modos de Produção onde uma elite é dona exclusiva ou quase exclusiva das fontes de riqueza. Confira com o IBGE;
. Preocupa-se com a natureza? Não se destrua; defenda-a junto aos vários movimentos ambientalistas que surgem pelo mundo e, como qualquer atividade política de massa, obtêm importantes vitórias, o que vai além das eleições pra presidente;
. Aterrorizado com as drogas e a promiscuidade? Não estás sozinho! Além dos milhares de evangélicos e outros moralistas por todo mundo, QUE MOSTRAM CRESCER AINDA MAIS EM RESISTÊNCIA ÀS ONDAS DE (neo)LIBERALIDADE QUE O MERCADO LANÇA POR TODO O GLOBO, existem pessoas que simplesmente se desalinham dessa perversão coletiva, mas agem sozinhos, ou mesmo coletivamente, como os Moralistas Marginais (Straight Edges) cujos valores também compartilho, por isso meu nome do Orkut vem sempre entre alguns 'X's;
. Tem problemas pessoais que eu nem falei aqui? Experimente usar as redes sociais para encontrar pessoas na mesma condição que você ou vá caminhar, passeie em parques, clubes, bibliotecas, vá praticar um esporte e arranje alguém pra desabafar e até te ajudar. Por mais que se sinta horrível, não tenha medo; existem pessoas solidárias e amigáveis que vão lhe entender e até te ajudar, e não serão poucos porque É MUITO FÁCIL UMA PESSOA SENTIR PARTE DAS DORES DA OUTRA, e é daí que vem a Solidariedade! Só vá treinando Ousadia para se soltar mais em público. Com o tempo podem até te admirar pelo que você tem a dizer e farão questão de lhe dar muita voz;Agora, se nada disso der certo, recomendo que procure um psicólogo mesmo. Não tenha vergonha: Muitas pessoas que parecem normais são justamente as que mais gritam por socorro por dentro, em silêncio, ou têm um caráter horrível que guardam em segredo.

[eu não traduzi este pôster]
PARA A LUA E ALÉM! Temos aqui representada mais uma prova do grande sucesso
que é a ação coletiva dos homens empenhada num mesmo fim: AGORA, NEM VISITAR A LUA É
IMPOSSÍVEL! Se podemos fazer isso, por que não se pode resolver os problemas que lhe deprimem?

 Agora que você sabe que, unindo forças humanas, é possível fazer todas as grandiosidades imagináveis, ainda que leve tempo, quero que siga com a leitura por 3 motivos:

1) Eu fique madrugada adentro escrevendo isso e me sentirei péssimo se ganhar pouca atenção;
2) PARABÉNS! Você está rompendo (se não já rompeu a mais tempo) com ideias ultraindividualistas e está começando a perceber como é grande sua relação com um enorme corpo complexo chamado Sociedade e o que é possível fazer unido a esse corpo. Não pare agora. Se não tiver como, guarde bem o endereço desta página e volte que vale a pena;
e 3) Cada vírgula deste texto é importante. Não despreze o conhecimento que estou aqui porque vai ser bem útil. Aliás, não dispense nenhum conhecimento.



UMA DITADURA DE ARISTOCRATAS ALEMÃES
DERROTADA POR UMA REPÚBLICA REBELDE
DE PEÕES ORGULHOSOS DE NÃO SEREM

RICOS PORQUE ESTES TINHAM TECNOLOGIA
BÉLICA MAIS AVANÇADA QUE AQUELES.
Viu o que a ação organizada de povos unidos
consegue fazer?

Como visto, não há razão para se destruir: Por mais que pareça, seus problemas com certeza não são só seus e podem, tranquilamente, ser resolvidos com o esforço conjunto de certos membros da Sociedade. Junto a ela, é possível fazer grandes coisas, de verdade. Maravilhas como a Muralha da China, erradicação da pobreza, mudanças reais na forma de educar a juventude e exploração espacial são só alguns exemplos. No entanto, não é tão simples. Como percebeu, a sociedade se divide em Classes Sociais e essas classes costumam entrar em conflito uma com a outra. (Pode ver em Dicas Úteis para Formar Novos Socialistas, deste mesmo blog, ou no evidente 'tratamento diferenciado' que os playboys, os policiais e os juízes dão para os pobres quando julgam o que fazer com eles em algum momento. E isso é só um de milhares de exemplos). Os conflitos daí gerados estão presentes em várias situações, como na política (disputas eleitorais, guerras regulares, o esporro que te dão por sentir pena dos pobres ou por querer resgatar para as massas toda a riqueza concentrada com os ricos), nas artes (como as músicas de consumo e as de consciência, mesmo que gospel, como os Raps de Mv Bill), nos costumes ("Pô, cara, que besteira ficar com esse puritanismo todo! Bebe/Fuma unzinho aqui com a gente.") e também aqui, na Filosofia, onde estamos fazendo estas reflexões.
Onde está o caráter classista nessa discussão?

Na clara divisão em dois pólos: VIVER ou MORRER, eis a questão.
De um lado, estão aqueles que insistem convictos em não abandonar a maior riqueza que se pode ganhar e fazem tudo o que for possível para que outros não se entreguem a esse pensamento imbecil de "eu quero descansar em paz pra acabar com esse sofrimento..."
Do outro, estão malucos dizendo que tudo será sempre assim, ignorando o que a humanidade já fez ao longo dos séculos, que nada vai dar certo, não há mais nada que se possa fazer para consertar isso... Uma série de pensamentos derrotistas que servem apenas para perpetuar tudo que aí está.
Entre esses dois lados, UM MUNDO QUE FAZ DA MISÉRIA E DO MAL ESTAR DE QUASE TODOS OS POVOS UMA CONDIÇÃO FUNDAMENTAL PARA A PRÓPRIA EXISTÊNCIA. Logo, se alguém fica tomando posturas para não mudar este mundo, está, necessariamente, cooperando para que se mantenha tudo de ruim que existe nele.

QUALQUER MEDIDA QUE SE TOME PARA NÃO MUDAR O MUNDO É GARANTIR QUE ESSE ESTADO DE COISAS CONTINUE A EXISTIR POR MUITO MAIS TEMPO. Na foto, Trabalhadores gregos indo à rua fazer valer suas Vontades Políticas de não serem roubados pelas medidas entreguistas do Parlamento.


A quem interessa o suicídio dos pobres
que acordam pra vida e se identificam

com as mazelas do mundo?

Você é parte de um complexo emaranhado social, meu amigo, por mais que viva isolado dos outros e a vida em Sociedade, inevitavelmente, faz você ter Direitos e Deveres.
É justamente para fazer pessoas como você se lembrarem disso que estou aqui: Todo ser humano tem direito à vida, à participação política, à educação, à uma vida social e vários outros direitos não só porque isso é reconhecido internacionalmente através da Declaração Universal dos Direitos Humanos, mas porque é simplesmente básico que os corpos dos homens tenham suas necessidades básicas atendidas para continuarem funcionando; OS HOMENS AJUNTAM-SE EM ATIVIDADES POLÍTICAS EM NOME DE QUALQUER DIREITO QUE QUEIRAM RECLAMAR e conseguem o que desejam com elas, que vão de reclamações informais com alguém que tem certo poder sobre uma situação qualquer até greves gerais e Revoltas Armadas do Operariado, coisa frequente nas últimas décadas; e esses Direitos e Deveres são de extrema importância para a convivência de tantas pessoas diferentes na aparência, mas iguais nas necessidades, num mesmo planeta de recur$o$ limitados e natureza esgotável. Se alguém viola um deles que seja, não se deve calar a boca e conformar-se com os abusos. É ORIGAÇÃO DE TODOS QUE TENHAM CONDIÇÕES LUTAR CONTRA TUDO O QUE ESTEJA LIMITANDO ESSES DIREITOS!


Mas não são só Direitos o que uma pessoa ganha desde antes de nascer. Como existem várias situações em que o Mundo clama pela nossa ajuda, temos aí também  Deveres a cumprir. Você já deve ter percebido como escrevo de forma imponente agintando seu cérebro para que ele funcione no sentido de fazer o máximo de atividades úteis pela mesma Sociedade que agora discutimos. Parece até que estou cobrando alguma coisa, e realmente estou. Essa coisa você não tem como botar na caixinha de uma igreja nem resolver passando um cartão de crédito numa leitora. Estou lhe cobrando ATITUDE POLÍTICA, ousadia opinativa e prática para se juntar num projeto de transformação com outras pessoas rumo a um Modo de Viver muito melhor para as massas, onde está você pequeno, mas nem por isso irrelevante.

Exatamente como dito no filmete acima, é uma obrigação comum a todos os explorados resistir à exploração, da mesma forma que os escravos com os seus senhores; igualzinho os colonos com a metrópole e tantos outros exemplos da História humana. Esse é o caminho certo. Esse é o único caminho capaz de retirar os homens do Terror Econômico em que vivem e que os atira para várias outras mazelas sociais. Como nos disse um grande mestre das Revoluções Populares pelo Mundo, "Fora a política, tudo é ilusão."

NÃO HÁ OPRESSOR QUE SILENCIE UMA MULTIDÃO DE PESSOAS UNIDAS, AJUDANDO A SI MESMAS E CONSTRUINDO COLETIVAMENTE, COM ARMAS E IDEIAS, AS BASES DA NOVA SOCIEDADE EM QUE RESOLVERAM VIVER. Esse é o segredo do sucesso das várias Revoluções vitoriosas por todo o Planeta


Ainda discorda que os Seres Humanos não são natural e eternamente egoístas ou mesmo possam ajudar tanto uns aos outros a ponto de se unirem num Projeto Político e morrer por ele?




NEM OS MAIORES DITADORES PODEM
RESISTIR À FORÇA DE UM POVO UNIDO


A história está cheia de sucesso daqueles que se mobilizaram unidos em nome de um bem comum: O Movimento Popular pela Libertação de Angola, os guerrilheiros sulafricanos apoiados por Muammar Kadafi, os Cravos de Portugal, as dezenas de Guerrilhas Maoístas pela Ásia que libertaram o Butão (ao norte da Índia), a própria China, o
 Camboja e tantos outros, o Partido da Pantera Negra (Black Panther Party, nos EUA) que esteve sempre presente e atuante na defesa dos negros e demais explorados da sociedade americana (confira aqui o livro Capitalismo+Drogas=Genocídio, feito por eles em inglês), o Exército Zapatista de Libertação Nacional, combatendo a miséria e as drogas no Sul do México e o Sendero Luminoso, guerrilheiros de frente combativa lutando aqui do lado, no Peru, contra os demandos da classe burguesa peruana e estrangeira são só alguns exemplos da infinidade de Movimentos Populares pela vida (o que eles querem para a massa popular quando defendem o fácil acesso aos alimentos, à saúde, à moradia e à educação) que defendem suas maiores riquezas e ideias com armas. Sim, armas são símbolo e instrumento de morte. Mas, infelizmente, não há outro caminho.

Aqueles que criam e mantém nos 4 cantos da Terra o sistema de Pobreza, Miséria e Fome que tira toda a sensibilidade do coração de milhões de pessoas, atirando muitas outras mais no desespero da falta de recursos e de compaixão (o que costuma levar às práticas autodestrutivas que estou combatendo aqui) não param!

É JUSTO REBELAR-SE!

Como se pode ver todos os dias nos jornais, livros de história e até aqui no post OTAN ataca escola na Líbia, os que comandam esse estoque praticamente infinito de dor e agonia em que transformam a economia-política dos nossos países são violentíssimos e quando veem dificuldades no caminho das suas conquistas, passam por cima de tudo, inclusive de governos democráticos apoiados pelo povo e até pela Vida de grandes parcelas do próprio povo! Basta lembrar o Massacre de
Se pensam que a África é terra de miséria, corrupção e
extermínio de civis pobres, então considerem o Brasil parte
da África
Pinheirinho, a chacina da Candelária, inúmeros conflitos por terra dentro e fora do Brasil, onde caíram dezenas de sem-terras e até servos de deus como Dorothy Stang, o Pavilhão 9 do Carandiru, as "limpezas de bairro" que policiais faziam dizimando menores abandonados a mando de comerciantes locais, uma série de golpes militares pela América Latina, que ainda continuam, os ataques brutais promovidos pela marinha britânica quando a Argentina mobilizou tropas para garantir seu justo direito de dominar as Ilhas Malvinas, o Massacre de Carajás, dentre uma infinidade de outras atitudes que só seriam possíveis num momento em que, cada vez mais, "[...]o mundo das mercadorias é valorizado em razão inversa ao mundo das pessoas." - Karl Marx, adaptado.


Por isso a necessidade evidente do uso de armas em ações políticas populares. Fora isso, só se pode esperar da classe dos ricos que não abram mão de seu modo de viver e consumir, fazendo apenas algumas concessões aos trabalhadores quando muito pressionados, se não mandarem que uma força policial ou mercenária prenda-os e/ou mate-os.

A luta de classes sociais é intensa, mostrando que realmente faz valer seu nome. Isso aumenta a divergência entre as classes divididas da sociedade e é o combustível que move o motor das mudanças históricas para o bem de uma classe ou de outra.
Eis aqui a razão maior de tantas palavras: Como milhões de pessoas por todo o mundo, só me sentirei feliz de verdade quando forem os trabalhadores, seguindo a grande Ideologia Proletária, a guiar os governos por todo mundo, porque essa Ideologia sim levará o mundo à salvação do apocalipse ambiental que a natureza nos dará como resposta à tanta sujeira de chaminés e escapamentos; essa sim dá condições básicas e decentes de vida para qualquer um que venha ao mundo, não esmolas trocadas por voto; essa sim respeita os Direitos Humanos. Entenda porque no já citado post Dicas Úteis para Formar Novos Socialistas.


Agora que o amigo leitor sabe porque não deve abrir mão tão facilmente de sua maior riqueza, porque existe violência no mundo da política e sabe que tem muitíssimos Direitos a conquistar e Deveres a cumprir por estar consumindo a Terra e ela e quem nela habita clamarem desesperadamente pela sua ajuda, podemos seguir para a segunda parte deste texto.


2) Tua importância econômica

(para quem não sabe, a menina entre o Mickey e o Donald aparece no centro de uma famosa foto de crianças fugindo do Napalm no Vietnam)

Não estranhe, mas esta é a parte mais importante desta postagem.
Vamos partir bem do começo: Economia é uma junção dos termos gregos Oikos, que quer dizer 'Casa', com Nomia, que significa 'Regras' (os que entendem o idioma grego que me perdoem qualquer má tradução). Portanto, é o Estudo das Regras da Casa, que para nós serão as grandes casas que chamamos Terra, País, Estado, Bairro ou qualquer outro nome que se queria dar para a localidade.

Essas regras tratam das formas de lidar com recur$o$ escassos de qualquer tipo que são produzidos em Meios de Produção (fábricas, lavouras, bancos) e distribuídos entre as Famílias (pra não falar Consumidores) nos Meios de Distribuição. As famílias trabalham nos Meios de Produção para terem ganhos materiais e fazer trocas desses ganhos nos meios de distribuição pelo que precisam. Os Meios de Distribuição recebem novas mercadorias dos de Produção e isso fecha o ciclo. Às vezes, funcionários do Estado aparecem para pegar um pouquinho de cada parte dessas movimentações para garantir o próprio funcionamento, já que gasta com pagamentos, materiais de trabalho, serviços públicos, construção de prédios do governo, armamentos, munição e, principalmente, o trocado que o Rei/Presidente/Imperador tanto precisa para bancar seu jeito simples e modesto de viver...

"[...] O dinheiro de quem/não dá/é o trabalho de quem/não tem [...]"

O Cidadão brasileiro paga vários impostos, não tem acesso
decente aos bens públicos que financia, como saúde,
educação, saneamento básico, moradia popular, segurança
pública e outros e seu governo vive a pagar juros de dívidas
já pagas. Por isso dizem que o Neoliberalismo põe os
Contribuintes a pagar dívidas de um Estado falido.
Isso é um esquema infantil. No máximo, serve para explicar a economia de escambo ou sua lenta transição ao comércio, que inicialmente tinha forte ligação com as antigas formas de troca simples, sem considerável Mais-Valia. A economia em que você vive agora é um Modo de Produção capitalista neoliberal, fruto de anos de aprimoramento em reduzir gastos e aumentar lucros sem observar mais nada além disso. Ou seja, pelas regras atuais do mercado é perfeitamente válido abusar da sexualidade para vender mercadorias, invadir levar paz e democracia para outros países e "junto com eles e seu novo governo aplicar planos de cooperação econômica para trazer empresas de fora e gerar muitos empregos", fazer empréstimos com juros progressivos a um certo país e, quando o governo pagar algumas partes ou o valor do capital corrigido, criar esquemas com o pagamento de juros para o Ministro da Economia poder se aposentar numa fazendinha maior que algumas cidades juntas, despejar centenas de contêineres de cereais subsidiados por um governo estrangeiro na sua economia, falindo milhares de famílias camponesas que não podem concorrer com suas plantações artesanais contra aquelas sacas de agrotóxicos e fertilizantes derivados do petróleo (essa última nem fere Código Penal de muitos países)...
Empréstimos e Investimentos Estrangeiros: Uma forma
humanitária de bombardear a população civil
Prosseguindo com a análise,  é meio caro para a empresa pagar funcionários que, de tão numerosos e sindicalmente experientes, ficam aumentando os custos da produção. Então, demitem um monte de gente ligada a 'tarefas nem tão importantes', como limpeza e jardinagem, e no lugar chamam empresas terceirizadas, senzalas modernas onde alguém numa situação miserável ganha um uniforme para, em verdade, ser sub-empregado e passar jornadas de um trabalho cansativo num clima dificílimo de formar uma união sindical, já que a baixa escolaridade dos peões mais ativos faz eles durarem muito menos no emprego do que saco de estopa de mecânico. Isso quando não resolvem sair do país/estado para explorar os baixos salários e sindicatos fracos de outro lugar.

Quanto aos empregados, nada lhes resta além de submeter a todo tipo de coisa para manterem-se em empregos cada vez mais escassos. Por causa disso, cometem-se os maiores delitos contra eles, como assédios morais e sexuais, e na presença deles, como suborno de fiscais do governo, fraudes de documentos ligados a cobrança de impostos, omissão de informações em rótulos, descaso com higiene do local de trabalho (uma vez eu mesmo encontrei uma baratona preta no meio do meu pote de requeijão cremoso!), exercício frequente de despejo de poluentes em áreas proibidas, lavagem de dinheiro... Uma infinidade de delitos que, somados ao seu exercício de impotência e submissão, servem apenas para tornar Cidadãos em uma suavíssima massa de manobra disposta a tolerar silenciosa não só os desmandos patronais, mas também governamentais 'porque é assim mesmo, Deus fez tudo ser assim pra melhorar a gente pra viver bem noutra vida (OLHA A IDEIA AUTODESTRUTIVA AÍ, GENTE!), e é bom porque aí eu posso comprar um Mc Lixo Infeliz e minha Coca-Ína..."
Vou parar por aqui. Os consumidores, que também são as engrenagens desta horripilante Roda da Fortuna, receberão uma análise maior na terceira parte deste texto, junto com o Estado.

Há ainda um elemento importantíssimo, tão fundamental nesta olhadinha que estamos dando no neoliberalismo que eu devia ter citado primeiro: Os Bancos

O PODER FINANCEIRO DOMINA TODO O MUNDO/ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS/
CARTÕES DE CRÉDITO AO ALTO PRA NÃO ENTRAR NO CHEQUE ESPECIAL/GLÓRIA À GLOBALIZAÇÃO 

Seja fazendo seus maravilhosos empréstimos aos governo, seja abrindo crédito para refinarias de petróleo e carvorias sujarem mais um pouco o ar ou mesmo lhe dando cartões com juros por mora muitíssimo maiores que o permitido pela lei para qualquer outra pessoa ou empresa cobrar, esses aglomerados de riqueza roubada mês a mês regidos por verdadeiros ditadores estão presentes empraticamente todos os setores importantes da economia, se não todos. Lembra daquela macaxeira frita tão gostosa que a mamãe fez para você? (os nomes foram colocados para fins didáticos, mas pode ser verdade) Um banco inglês [HSBC] criou uma linha de crédito especial para o latifundiário [um da bancada ruralista] aumentar sua plantação de Soja que AGORA PODE, JÁ QUE O CONGRESSO FEDERAL PARECE TER ADOTADO O LEMA "DESMATE QUE O NOVO CÓDIGO FLORESTAL GARANTE", depois um famoso banco americano [Citibank, um dos grandes demais para quebrar com crises] que quase foi pro saco junto com o Leemon Brother's em 2008 fez um empréstimo a 3,5% ao ano para uma multinacional do ramo alimentício também americana [Unilever]
Depois da Crise, o 'resgate' financeiro da Grécia comandado por Angela
Merkel, primeira-ministra alemã
comprar novas  máquinas e fazer mais Óleo de Soja do que previsto no ano passado. O óleo é vendido a uma rede de supermercados francesa [Carrefour] que fechou um esquema legal, nos conformes e bonitinho com um banco estadual [sei lá. Põe aí BANESPA] para a mamãe ter um cartão do supermercado e com ele pagar fiado pela comida em 12 prestações com um juros baixinho, mas que sobem assustadoramente  após o vencimento, o que é uma forma mal disfarçada de empréstimo que não respeita nem o seu prato.

PAGAI AS CONTAS EM DIA PARA EVITAR OS JUROS E PODER CONSUMIR COM TRANQUILIDADE SEM ENTRAR NO SPC OU SERASA
PALAVRA DA SALVAÇÃO
GLÓRIA AO LIVRE-MERCADO E NOSSO SANTÍSSIMO E TODO PODEROSO DEU$ KAPITAL.ALELUIA E AMÉM
Preciso nem dizer o que vai acontecer...

À natureza, colocada em último lugar até neste texto (mas está aqui pra fechar com Chave de Metal Reciclado =D), resta ser explorada exaustivamente, muito além das suas próprias capacidades de recuperação (o que explica o sumiço de peixes em várias zonas de pesca pelo mundo), enquanto é convertida em Commodities, um nome invocado para Matéria-Prima, encaixando-se assim no ciclo totalmente insustentável dos padrões de produção e consumo ocidentais:

"Grande reserva infinita" (como devem achar que ela é) -> Extratores-> Fábrica (o número de empresas que processam a mercadoria depende da natureza desta e do fim que a dão)-> Jornais e TVs-> Estoques-> Prateleiras Supermercados (ou coisa parecida) -> Produto à mostra-> Venda-> Consumo-> ATERRO 'SANITÁRIO' OU LIXÃO, bem longe das câmeras.

Acompanhe um exemplo abaixo, representando os tempos aburguesados da URSS:




Maiores informações sobre o funcionamento da Economia de Mercado que você não aprende nas suas aulas água-com-açúcar de História e Geografia na escola, confira a parte de Conceitos Marxistas do post DUFONS 











ONDE ENTRA VOCÊ NESSA BAGAÇEIRA TODA?











VOCÊ ENTRA AQUI (se for otário)! Isso, literalmente, é um montante de dinheiro apreendido de traficantes numa Megaoperação Policial em Taringa, no México. Se fosse você cliente dos mafiosos que eram donos desses recursos, pode ter certeza que sua presença estaria aí marcante, mesmo que só em alguns centímetros de uma dessas pilhas, dinheiro do carro que você trocaria por droga, por exemplo, o que dava um suborno interessante para Secretários de Segurança Pública, Deputados, Donos de Rádio ou Jornais escritos... Ou então se reverteria em Capital de Giro para que a narcoempresa continue gerando narcoempregos e narcolucros com o narcotráfcio de narcóticos.
Se você não tem nada a ver com isso, parabéns: Graças a Você, uma das pilhas deixou de ficar uns 8 centímetros maior (talvez mais, se a moeda mexicana valer bem menos que a brasileira, ou menos, se aí só tiver dólar e Euro), o que faz diferença mesmo para um monumento fedido e sujo desse.


O resultado mais óbvio dos pensamentos autodestrutivos
citados anteriormente: A mulher morreu não pelo bem da
sociedade, por um grandioso projeto político popular, pra
defender a vida de alguém que amava... Simplesmente caiu
como consequência esperável (ou até mesmo desejada) do
faturamento de um empresário marginal e da rede mafiosa
muito maior que ele. É ISSO O QUE DESEJA PRA VOCÊ?
És o consumidor, camarada! O freguês que eles dizem que manda, quando na verdade apenas consome sem nem reclamar do aumento do preço acima da inflação.

Como eu disse nos quadrinhos do começo desta parte da redação, sua pequena participação na economia parece pequena, mas é considerável não só porque, mesmo que pouco, a compra regular de uma mercadoria rende lucros que ficam cada vez maiores com o passar do tempo (err... Confesso que não desenhei isso), mas também porque consumindo você serve automaticamente de garoto/a-propaganda da mercadoria, por mostrar aos outros que ela existe e fazer pensar como é consumí-la (dentre outros efeitos psicológicos que eu talvez desconheça), além do mais importante de tudo: PERPETUAR TODA A CADEIA PRODUTIVA QUE ENVOLVE A
Parece estranho e inexplicável, mas Amy
Winehouse desempenhou um papel
marcante nas mentes e corações de
jovens dos 5 continentes: Propagar um
modo de viver desregrado e suicida por
puro Hedonismo (busca irresponsável
por prazer) ou Derrotismo
(pensamentos depressivos causados por
impotência frente a uma desgraça
real ou esperada), AMBOS LIGADOS
À IDEOLOGIAS BURGUESAS.
Agora
reflita: Porque existe essa ligação?
Ponha sua resposta nos comentários e
debata com o pessoal
CRIAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DA MERCADORIA ATRAVÉS DE PAGAMENTOS QUE SE FAZ A ELA.
EIS AQUI UM DEVER SEU DE GRANDE IMPORTÂNCIA:
O BOICOTE

BOICOTAR É NEGAR APOIO MATERIAL À UMA CADEIA
PRODUTIVA PERVERSA, COLABORANDO PARA QUE ELA SE QUEBRE POR NÃO SUSTENTAR OS PRÓPRIOS GASTOS E ISSO É PERFEITAMENTE POSSÍVEL. DEPENDE SÓ DE VOCÊ NÃO COMPRAR E FAZER OUTROS TAMBÉM NÃO COMPRAREM DIZENDO O PORQUÊ. SEJA OUSADO E FAÇA ESSE SACRIFÍCIO EM NOME DO COMBATE ÀS MAZELAS DO MUNDO, como as promovidas pelo Estado fascista de Israel. Não dando dinheiro a eles eles terão menos verba para trucidar mulheres e crianças palestinas. Essa é a atitude motivada por este desenho de Carlos Latuff.

Negar a toda uma Cadeia Produtiva os recur$o$ que ela tanto busca é uma medida muito forte para pressioná-la. Por exemplo, quando os empregados de uma metalúrgica paralisam seus trabalhos para conseguir ou proteger Direitos Trabalhistas, estão negando oportunidade de faturamento para os gerentes e donos da empresa, o que aumenta mostruosamente seu poder de negociação, e isso é uma forma de embargar. Da mesma forma, estaria muitíssimo bem o comércio internacional de peles hoje, como as de visons e jacarés, se não fossem 'esses ecochatos que não deixam a gente comprar uns mimos pra ser feliz de vez em quando...'
Esses são alguns exemplos do poder de um Boicote bem feito.
BOICOTE FUNCIONA!
BASTA UM TER OUSADIA PARA COMEÇAR E INSPIRAR OUTROS A TAMBÉM BOICOTAR.
Por fim, tem o problema da Mercadoria em si. Vejamos alguns casos:
DROGAS: UMA PODEROSA ARMA DOS
CONTRARREVOLUCIONÁRIOS
. Drogas Psicoativas: Não se pode negar que existe uma grande variedade de substâncias que matam bem rápido ou devagarzinho. Dentre outros efeitos, alteram a mente humana acelerando a queima de energia a nível prejudicial a órgãos como o coração; dopando corpos, tirando a atenção necessária para, por exemplo, trabalhar com materiais perigosos ou situações perigosas, como a construção civil e a condução de veículos; criando alucinações, o que distorce a visão; e fazendo a pessoa liberar sentimentos que não liberaria se estivesse sóbria, o que leva a prática de crimes como lesão corporal e homicídio.

Além dos efeitos mentais dessas  substâncias, existem também danos consideráveis ao funcionamento dos órgãos do corpo, como a perfuração do septo bucal ('céu da boca')
Essa vai pra quem acha ser mentirosa e exagerada a
campanha promovida pela sociedade contra os narcóticos
em defesa da própria vida
decorrente do uso de cocaína e crack, por exemplo.
Não me preocuparei muito o que se dizer sobre o que essas coisas fazem às pessoas. Os jornais e médicos da área falam sobre isso de forma muito mais completa do que este abstêmio pode dizer. Por outro lado, não há dúvida de que o fim de todo esse consumo, depois da euforia de se entorpecer com 'amigos', é uma marcha para a morte mais lenta ou mais rápida, a depender da frequência de consumo e da coisa consumida, mesmo que legalizada, como o tabaco e o álcool.

Maiores detalhes aqui, com informações do Centro Brasileiro de Estudo sobre as Drogas e no futuro post deste blog "Contra-Maconhismo Além da Religião".

Crianças plantam na fazenda de algum poderoso hermano, as folhas são processadas nos laboratórios nem tão secretos para a polícia local, se esconde a droga em malas, mochilas, contêineres e forros de carro, distribui-se pelo mundo e depois me chegam uns maconhistas para dizer que 'é só uma questão de saúde pública', renegando a existência de megaestruturas econômico-políticas internacionais


Essa foto sim define o que são drogas

.Coca-Cola: Uma combinação de origem duvidosa apelidada pelo Comandante Che Guevara como "água negra do imperialismo" por razões citadas abaixo.
Quando os guerrilheiros cubanos tomaram a ilha de volta para
o povo de Cuba, os engenheiros químicos da fábrica de Coca-
Cola local fugiram levando consigo a fórmula secreta,
deixando a Coca cubana com um sabor não muito agradável
(o que explica aquela foto do Che bebendo um líquido negro
numa garrafa de vidro). O que será que vai nessa fórmula?
Não se sabe se ela se originou de um xarope para tosse esquisito ou desentupidor químico diluído de canos, o que explicaria a presença de Ácido Fosfórico (Ph 2,8 - Dissolve uma unha em 4 dias) no refrigerante, forte suspeito de causar muitos casos de osteoporose recentemente. Esse ácido, somado ao ácido carbônico típico das bebidas gaseificadas, é provavelmente o que dá aquela gastura quando se range os dentes maxilares com os da mandíbula.
Essa você não sabia: Antes de ser mundialmente
conhecida como mais um produto fornecido por The
Coca-Cola Company,
Fanta era um
refrigerante produzido na Alemanha Nazista
numa fábrica da Coca-Cola
. Confira no site da própria
empresa escrito de forma sutil

("surgiu na Alemanha na década de 40")

No começo, TINHA COCAÍNA COMO UM DE SEUS INGREDIENTES, o que explica o nome COCA-Cola (de Noz de Cola) mas, segundo a empresa, retirou-se isso do refrigerante em adesão ao movimento proibicionista lá iniciado em 1903. No entanto, até hoje o refresco possui cafeína por razõe$ imaginávei$...
Em alguns lugares pelo mundo, como certos países asiáticos, os níveis de DDT e outros componentes tóxicos são tão elevados que, junto com preços baixos, fazem muitos pequenos agricultores usarem Coca-Cola como pesticida.
Além disso, como diz a própria Coca-Cola, ela é uma empresa de hidratação. Isso se deve pela necessidade de 1 litro de água para cada 300 ml  do refrigerante gerada talvez pelos gastos tanto pela lavagem das garrafas como e principalmente para plantação da cana-de-açúcar para adoçar tanto o disfarçe de seus ácidos.
Um detalhe surpreendente do seu abastecimento de água se mostra quando analisamos a região de Plachimada, ao Sul da Índia, cujo governo ingenuamente concede a pessoas e empresas o direito ao livre uso da água dos lençóis fréaticos para qualquer fim ou cobrando taxas baixíssimas sobre ela. Em consequência disso, a Coca-Cola instalou-se nessa região e chegou a tomar para si MAIS DE 4 BILHÕES DE LITROS DE ÁGUA POR DIA, secando drásticamente lençóis freiáticos indianos, o que levou muitos agricultores ao suicídio por depressão causada pelas suas falências.

Ah, por acaso falei dos 'fertilizantes grátis' que a multinacional deu aos agricultores locais quando começou a se instalar? Em verdade, eram resíduos tóxicos da fábrica ricos em chumbo e outras toxinas eliminados de uma forma barata e politicamente vantajosa.

Achou mentira? Confira a luta do povo de Plachimada, um estado ao Sul da Índia, o envolvimento da Coca-Cola com mercenários na repressão aos sindicatos de seus trabalhadores e o documentário que botou a Coca-Cola no banco dos réus pela morte de um líder sindical também.

Correm notícias de que já sejam 9 os trabalhadores assassinados, fora os
torturados, demitidos, ameaçados de demissão, os que tiveram a filha estuprada
por algum dos vários mercenas do Estado terrorista colombiano...


. McDonald's: O famoso Mc Imperialismo adorado pelo seu mundialmente vendido Mc Lixo Infeliz, um composto de gordura saturada, gordura trans, pão e um hamburguer aminhocado feito com carne de gado do Brasil-sil-sil-sil, um país que não põe no preço de seus bifes uma taxa por destruição de florestas nativas, poluição de águas, queimadas ou desertificação de solos.

Pioneira na instalação de multinacionais em território da URSS revisionista de Gorbatchev, o que a fez criar o McFish pra se adaptar ao ramo ex-comunista do comércio, ela promove clara e abertamente a difusão econômica, cultural e filosófica do padrão de vida americano com suas políticas de tratamento descartável aos funcionários, destruição da cultura local com a imposição do seu padrão de venda e consumo intimamente ligados ao American Way of Live e propagação sutil da ideologia capitalista e de submissão ao imperialismo yankee através dos corantes e aromatizantes de seu cardápio.

Junto com outras do ramo de Merd Food, é responsável pelos altos índices de obesidade do povo americano que, de tão ocupado com trabalho e nutricionalmente mal educado, acaba incorporando esses aglomerados de banha aos seus cotidianos, coisa que é barata para eles por ganharem em dólar e não pagarem tantos impostos embutidos em preços (como os cobrados pela mercadoria ser estrangeira ou pelos Royalties, uma laminha a sede cobra sobre cada mercadoria produzida e vendida pelas filiais. Ah, o governo americano ainda cobra impostos sobre esses Royalties).

Para quem duvida, basta conferir este jogo, o documentário Super Size Me e ver como o Mc Donald's da sua cidade tem mais prestígio que os vendedores de comida típica, o que favorece fornecedores de hamburgueres a preços menores que os do Mc e faz associar a culinária local às 'coisas de pobre'. Daí em diante...
O resultado de anos de colaboração com a cadeia produtiva do Ronald McDonald não podia ser outro. Aliás, pode sim. Leia abaixo.

Bem, amigos, depois disso tudo creio que não tenho como deixar mais clara a Tua Importância Econômica Neste Mundo. Como bem viram, o Boicote é um processo fundamental na guerra econômica que se trava em todos os países e importante até para salvar sua própria vida e esse evidente sacrifício (sim, porque lhe deixa menos sociável e reduz suas fontes de prazer) se faz necessário para a defesa da economia nacional, para a economia popular, para seu próprio corpo e para a natureza.
Ei, mas tem horas que se negar a consumir um produto não basta porque, além dos seus preços baixos serem irrestíveis para os pobres (como os contêineres de cereais estrangeiros subsidiados que falei antes), algumas pessoas aparecem dizendo que "em momentos de dificuldades é preciso apertar os cintos e temos de pelejar pelo bem da nossa nação" ou ainda que "esses grupos de vândalos, irresponsáveis, presos por invasão estão ameaçando a integridade nacional com suas ideias radicais que não reconhecem o Estado Democrático de Direito, as Instituições como essa tão querida da população que é o Corpo de Bombeiros". Então, é preciso pegar mais pesado contra esses sujeitos tão empenhados em massacrar o futuro da mrior parte da sociedade passando por cima de seus direitos já reconhecidos em lei e Vontades Políticas. É agora, camarada, que entra a

3) Tua Importância Política


...não esqueçam também que é assim que se elege um Abestado
Como pode reparar, algumas imagens e comentários da Seção passada iam um pouco além de problemas ligados só a mercadoria. Isso aconteceu não por culpa minha, mas porque é praticamente impossível falar em Economia sem falar em Política. Elas estão intimamente entrelaçadas numa relação onde uma se liga nas vísceras da outra, mas sem cooperação, havendo aí uma relação de determinação da Economia sobre como será a Política (Não vou repetir o que já escrevi. Leia como essa relação se dá em Dicas Úteis para Formar Novos Socialistas e aproveite pra aprender mais um pouco). Imagine a Política como um Cavalo e a Economia como um Cavaleiro. A forma de conduzir, a qualidade da cela, o tipo e amolamento daquela roda espinhada atrás da bota, o tamanho da rédea, a qualidade e quantidade da água e da ração fornecidas ao Cavalo interferem, sim, na maneira como anda, mas são meticulosamente planejados e controlados pelo Cavaleiro.

Vamos começar com definições para clarear as coisas (alguns conceitos aqui mencionados vêm de outros autores, mas, no geral, eu escrevi isso tudo):

.Política: Do grego Politikós, do latim Politicu, é a Ciência de Administrar Fenômenos da Sociedade, Ciência Política (HOLANDA, Aurélio Buarque de. Novo Dicionário Aurélio. Nova Fronteira, 1985. Os outros conceitos são meus formulados após leituras que tomariam muito espaço se citadas aqui e, evidentemente, mais paciência sua). É a arte de administrar, de dizer como serão todas as coisas importantes para a Comunidade (que pode ser de proporções municipais ou globais, como preferir). Portanto, tirar meleca do nariz não é um ato político. É um ato antiigiênico que fere apenas sua própria imagem e pode, no máximo, manchar também a dos seus educadores. Agora, se você tira um paranho do nariz e passa na cara do retrato de um político que você não gosta quando lhe dão Espaço de Voz numa reunião partidária, por exemplo, ou num poster do fulano colado num pilar do terminal de ônibus que, depois da meleca, você o chinga, aí sim tem-se um ato político.

.Agentes Políticos: Toda e qualquer pessoa que promove ato/atos políticos, isto é, toma medidas que interferem na vida da comunidade. Como, pelo nosso conceito, qualquer um pode promover atos políticos, logo...

ISSO TAMBÉM É UMA FORMA DE FAZER POLÍTICA. Dessa forma, Classe Operária, a que realmente constrói riquezas e governos em todo o Mundo e os mantém, toma medidas firmes, enérgicas e organizadas pelo Partido para fazer valer sua Vontade Política. Reze, se quiser. Só não negue a força que tem o poder de decisão de uns 5000 ativistas indo com raiva contra os portões das emissoras de TV.
"Precisamos de você para legalizar a Cannabis". Eis aqui
a manifestação da Vontade de alguns, os maconhistas, em
legalizar a mercadoria que tanto amam. Como podem ver
pelo personagem, o pensamento maconhista que vem
ganhando preocupante força política pelo mundo
justamente por estar ligado aos modos do Tio $am e suas
práticas imperialistas. É uma ideologia capitalista
neoliberal empenhada em reduzir o Poder do Estado
em nome de uma distração autodestrutiva, o que nada
tem a ver com as Ideias Comunistas de respeito à
Liberdade dos povos e Participação Política Popular.
.Ideologia Política: É o conjunto de ideias e valores que guia as mentes e corações dos agentes políticos. Existem várias que variam de acordo com as diferentes realidades econômicas e sociais que se mostram ao longo da história por todo mundo e até os livros de história mais furrecas reconhecem isso. A única possibilidade de negar que existem ideologias políticas em pessoas, partidos e outras estruturas sociais e ainda dizer "ideologia... eu quero uma pra viver" é ser um grande analfabeto político mergulhado nos chavões derrotistas da pequena-burguesia (classe média). Duvida disso? Basta ver o que guia muitos agentes políticos de Direita assumida ou disfarçada: Um conjunto de ideias e valores que naturalizam o roubo escancarado da verba pública, dinheiro do povo extraído até de quem mora debaixo da ponte, através de impostos embutidos em alimentos como o feijão e a farinha. Para quê roubam? Para comprar grandes carros importados, joias, escravos sexuais, construir castelos para viver lá com familiares...
Isso não tem a ver com doações para ditadores entitulados pelo clero como representantes de Deus, nem com relações de submissão estrutural com nobres feudais ou com uma ação robinudiana que seja. É UM ATO POLÍTICO DE MANUTENÇÃO DA MISÉRIA DAS MASSAS PROMOVIDO PELO MAIS PURO E ESCANCARADO EGOÍSMO BURGUÊS.
Não importam nomes, números ou símbolos partidários. O que pesa mesmo para avaliar a conduta de qualquer agente político são os valores que ele faz questão de carregar e suas atitudes sociais praticadas por ele e seus 'amigos' ao longo do tempo.

Essas ideias e valores não são aberta e escancaradamente apresentados ao povo (considerando 'Povo' a sociedade inteira, incluindo burgueses e políticos aburguesados) na forma explícita que fazemos aqui, mas estão disfarçados nas Mercadorias.

*Mercadoria: Objeto Político e Instrumento de Consumo (ou Objeto de Consumo e Instrumento Político, como achar melhor)
Já dizia Marx na série Das Kapital,

"À primeira vista, uma mercadoria parece algo simples e acabado. Uma análise mais profunda, no entanto, revela tratar-se de um objeto satânico cheio de sutilezas metafísicas e reticências teológicas." O McDonald's é um exemplo disso. Quando se compra um Mc Lixo Infeliz para que as crianças possam se envenenar com seus compostos e se encantar com a 'magia' do marketing voltando para elas, papai ou mamãe fazem muito mais aumentar o peso da família: Estão promovendo a adesão das gerações futuras ao imperialismo através da naturalização de ideias burguesas enrustidas entre as minhocas e restos mortais bovinos do hambúrguer.
Ronald McDonald e seus homens lembrando os ataques da manhã

Quer motivo maior pra Boicotar produtos ianques?
Uma mercadoria, muito mais que obra do trabalho humano (ou maquinário), é um fruto de um Modo de Produção, que é uma organização econômica e política marcante de uma determinada época para os povos de uma certa localidade. E esse produto vem carregado da Ideologia da classe dominante tanto nas cadeias produtivas que o envolvem como dentro de si mesmo, através da visão de Mundo que guia seus planejadores e construtores na hora de desenhá-lo e produzí-lo.
Exemplos: As bigas (carruagens compactas) que tinham lâminas longas no centro das rodas usadas em alguns espetáculos do Coliseu não poderiam existir em outras condições sociais que não as de considerável produção artesanal e exploração escravista típicas do Modo de Produção Clássico, onde pessoas pagavam para se divertirem vendo a biga cortar ao meio um homem sequestrado de suas terras distantes mantido com sobras, bebidas e torturas até morrer dessa forma; Os livros manucristos do século XI que os historiadores de hoje leem para montar seus livros de história em máquinas modernas com eletricidade e refino de petróleo não poderiam pertencer a outro momento histórico que não a Idade Média, já que papel não era algo tão fácil e barato de se produzir como hoje (quando empresas como a Aracruz Celulose são livres para plantar milhares de hectares de pinheiros destruindo terras indígenas próximas) e as obras eram 100% manuscritas, coisa que só era possível para um tipo de artesão muito dedicado que simboliza essa época: O Monge feudal, dedicado a nenhuma outra atividade além da vida em Monastério, que lhe garantia o básico para viver com as terras da Igreja e com tempo de sobra para copiar livros inteiros que a nobreza comprava e lia, coisa impensável para um lavrador, um oleiro (fabrica telhas) ou um comerciantes, por exemplo. Isso só seria possível no Estado de servidão sequencial típico do Feudalismo;
Já faz alguns milênios que as pessoas tratam a si mesmas como mercadorias, o que vale tanto para homens (que usam de esteróides para atingir padrões estéticos e também têm seus sentimentos especulados como potes de margarina no supermercado ou ações na Bovespa) como para mulheres (não preciso nem contar porque). Entretanto, os séculos XX e XXI trouxeram uma novidade: TRÁFICO INTERNACIONAL DE PESSOAS PARA ESCRAVIDÃO SEXUAL. Em dezenas de países, especialmente no Brasil e na Ucrânia, milhares, até milhões de pessoas são simplesmente compradas e vendidas, como vacas ou camisetas, principalmente para fins de exploração sexual, como apontam pesquisas comandadas pela ONU (Organização das Nações Unidas). Não é como a exploração sexual velada nos palácios reais da Babilônia e nem os cabarés franceses do 'século das luzes' abastecidos com moças de várias cidades interioranas para deleite burguês. É A GLOBALIZAÇÃO DA ESCRAVIDÃO SEXUAL, o que não poupa nem crianças.
Após revelação de Xuxa, Disque 100 recebe mais de 285 mil denúncias
Tendo portugueses, italianos, holandeses e norteamericanos como principais clientes, esse ramo do comércio tem importante presença no Brasil, confirmando a denúncia que já fiz aqui de que somos conhecidos lá fora como Grande Prostíbulo Internacional, ainda mais com a imagem que a Mídia de Massa brasileira exporta para o mundo com suas novelas, programas de auditório e exibições de escolas de samba. Essa estrutura social, aprimoramento extremo da reificação (transformação da pessoa em mercadoria) e mercantilização de gente que ocorre dentro dos mesmos padrões da Divisão Internacional do Trabalho (terceiro mundo exportando anarquicamente suas 'Commodities' para livre-consumo no livre-mercado negro) não poderia corresponder a outra forma de criar e distribuir riqueza que não o Modo de Produção Neoliberal, com suas tecnologias de comunicação, transporte e transações financeiras de ponta dentro dos padrões comerciais burgueses tão aprimorados em negligenciar os Direitos Humanos para aumentar os lucros envolvendo cadeias produtivas interestaduais e até internacionais.
Maiores informações sobre essa prática repugnante aqui.

Cena do filme "Anjos do Sol", uma produção brasileira de qualidade mostrando com detalhes o funcionamento de uma rede interestadual de exploração sexual infantojuvenil. É a exploração humana a níveis extremos, sendo que os agenciadores brasileiros não têm costume de criar filhos das prostitutas para traficar seus órgãos depois, como acontece em África. Salve esta notícia também para ler depois. Tanto para pessoas como para órgãos, vale sempre relembrar que consumir essas e outras 'mercadorias' é uma forma de, além de ajudar as cadeias produtivas que as fizeram a continuar existindo, acostumar-se e até concordar com toda organização econômica e social que as fizeram (como a legitimação da pedofilia no Brasil, especialmente na região norte, e cooperação com as máfias do tráfico internacional de órgãos), que estão intimamente ligadas à Ideologia Política da classe social dominante. Boicotar esse tipo de coisa é uma das suas atitudes de maior importância neste mundo. Denunciar e combater é mais importante ainda.
.
Concluindo: Quase ninguém tem fotos de Adam Smith, Milton Friedman, Friedrich Hayek ou FHC penduradas no quarto ou numa camisa, mas é frequente, tanto para crianças, jovens, adultos e idosos, a adoção das ideias lançadas por esses homens através de discursos sutis emanados em rádios, jornais, revistas, produções pornográficas, carros importados, joias encravadas com diamantes de sangue e tantas outras mercadorias.
Eis aí exposta a forma inteligentíssima dos ditadores deste lado do Muro de Berlim de doutrinar a massas.


Partido Político - "União de pessoas que partilham das mesmas idéias, opiniões e doutrinas políticas, com o objetivo de chegar ao poder." (SACCONI, Luiz Antônio.Minidicionário Sacconi de língua portuguesa. São Paulo: Atual, 1996). As pessoas que compõem o Partido são chamadas Quadros e não se penduram na parede com parafusos. Como esses quadros que fazem o Partido, isso explica a frase do Presidente Mao-Tsé Tung de "Os quadros são o tesouro do Partido". Pode ter o dinheiro que tiver; sem pessoas para compor esse Partido e fazê-lo adorado no meio do povo, não será nada.

Agora, amigo leitor, releia a definição de Sacconi para Partido.
Quando as pessoas concordam com as mesmas ideias, opiniões e doutrinas políticas, é uma tolice negar que pertençam a um mesmo Partido só porque, oficialmente, pertencem a Partidos diferentes. É o que se vê nas atividades políticas do Brasil e em quase todos os outros países do mundo: Um governo ditatorial corrupto de Partido Único (Partido dos Ricos) disfarçado em dois ou vários Partidos para simular democracia (e depois usam essas acusações contra a Coreia do Norte...)
 Com o Partido os Quadros se organizam, fazem suas reuniões, decidem o que farão no futuro traçando planos para que fique forte economica (porque faixa e carro de som não é de graça) e politicamente (juntando mais gente para ter mais força para deixar o mundo com a sua 'cara'). O Partido é, portanto, o veículo usado pelo povo para por em prática a ideologia que partilha.
"Para fazermos a revolução necessitamos de um partido revolucionário. Sem um partido revolucionário, sem um partido fundado na teoria revolucionária marxista-leninista, é impossível dirigir a classe operária e as grandes massas do povo à vitória sobre o imperialismo e os seus lacaios." - Mao-Tsé Tung, no seu famoso Livro Vermelho. É o tipo de coisa que se pode fazer com centenas de milhares de pessoas unidas num Partido e com ele comprometidas.
Negar a necessidade de um Partido político para mudar efetivamente a realidade miserável que domina o mundo é um sonho totalmente ingênuo. Sem a união política proporcionada pelo Partido, as pessoas que deveriam ser seus Quadros acabam praticando ações isoladas facilmente repreensíveis e de pouco efeito político e representação popular. Sem um Partido para organizar as massas numa Ideologia Revolucionária, não há sonho que vire realidade.

Maiores explicações sobre a necessidade do Partido para Projeto Políticos Revolucionários, questões ligadas à participação das pessoas nele e futuros problemas funcionais devido ao desapego de certos quadros aos ideais dessa Instituição tão importante (Sim, existem, mas podem ser perfeitamente resolvidos. Ora, a história não está cheia de exemplos de Revoluções que deram certo e até hoje perduram? Porque não combater, por exemplo, a corrupção no seio do Partido? Só porque os mentirosos da Revista Semanal disseram sem impossível?), confira Lenin: O partido, o Estado e a Burocracia e O Livro Vermelho do Presidente Mao-Tsé Tung (é um resumo, mas recomendo que baixe uma versão completa por eMule ou Torrent)

O tipo de ação que só é possível de se fazer sob a coordenação de um Partido ousado, presente e atuante. Se dependesse apenas da insatisafação popular do governo Dilma, sua imagem ficaria muito bem preservada por não existir uma oposição ativa lhe dando grandes prejuízos políticos a cada nova manobra política que faz com a direita


.Projeto Político

É todo o Planejamento que uma pessoa, um grupo qualquer de pessoas (como uma multinacional...) ou um Partido faz com alguma intenção de mudar significativamente alguma coisa na Pólis. Mudanças na planta de um projeto arquitetônico para garantir acesso aos cadeirantes, patrocínio de grupos mercenários para torturar sindicalistas ou proposta de lei enviada ao congresso federal para, digamos, obrigar toda a frota de ônibus das capitais do país a terem eletricidade como fonte de energia são formas de mudar ou tentar mudar o mundo e todas elas são parte de um Projeto Político, que pode ser maior ou menor.

...e agora, o muuuito sustentável etanol vem aí pra mover milhões de
motores pelo Mundo, deixando sua matéria-prima (cana, milho e outros) de
servir de alimento para gerar combustível. Isso, como podem ver, também é
um Projeto Político
Como se pode ver, o Projeto está intimamente ligado a uma Ideologia, o que se aplica tanto na criação, modificação e revogação de leis como no desing de um carro, já que o veículo em questão será usado para transportar grandes quantidade de pessoas e é desenhado para uma multinacional em troca de dinheiro. Sendo assim, se o carro é desenhado para mover-se com gasolina com toda a tecnologia para automóveis elétricos já bem avançada, temos aí não uma omissão, porque provavelmente mais de uma pessoa desenha, discute, aprova, fabrica e vende o veículo e já é impossível essas pessoas não saberem do dano dos combustíveis fósseis para o Mundo e alternativas a ele, mas um Projeto Político perverso empenhado em perpetuar o mal da poluição automotiva. Mesma coisa os que vinham com fácil acesso a acendedores de cigarro, convertidos hoje em simples tomadas elétricas pelo sucesso global da campanha antifumo.

A política nos cerca. Ela está presente nos mais pequenos atos cotidianos. "O Homem é um animal político", já dizia Aristóteles ao refletir sobre a imensidão de gente reunida para discutir os rumos de Atenas.
Ro Su Hoi, vice-presidente da Aliança Pan
Nacional pela Reunificação da Coreia,
preso na Coreia do Sul por ter ido às
comemorações do centenário de Kim Il
Sung na do Norte, um herói nacional de lá.
Maiores detalhes aqui
O que 'despluga' as pessoas dessa verdade universal é o modo de vida absurdamente alienado das massas, que não lhes permite ver isso tanto pela péssima educação recebem de propósito (ainda mais agora com o crescente sucateamento e privatização do Ensino em quase todos os países seguidores do neoliberalismo) como pelos fortes incentivos que recebem para fiquem caladas e quietas pela idiotização que tanto se promove por toda parte somados, ao fim de tudo, com um fortalecimento de brutalidade estatal que, por seu próprio crescimento inversamente proporcional a sua interferência na economia, serve de prova absoluta de que o mesmo Modo de Produção capitalista neoliberal que o mantém nunca abrirá mão do mesmo, ainda que usando das empresas de segurança privada.

Podemos ver isso claramente na qualidade do serviço de educação existentes hoje não só nas escolas públicas de Ensino Fundamental e do que chamam "1º Mundo" e "3º Mundo", mas também nas Instituições de Ensino Superior cada vez mais cheias de professores substitutos, sucateadas, faltando sala, material de aula, professor e ainda massificadas com perda de qualidade com políticas semelhantes ao que o governo federal brasileiro chama "FIES", "ProUni" e "Reuni", uma série de medidas tendentes a sucatear, privatizar e aumentar o caráter utilitário (ligado à produ$$ão de riqueza$$) em detrimento da formação de caráter humano das Instituições de Ensino Superior públicas.
Muita gente vê o mundo pelos olhos de uma TV.
Os resultados políticos disso são conhecidos...
Se somam a isso as medidas da mídia de massa empenhadas a não perder mais audiência do que já perdem para outros canais e mesmo para a Internet, o que inclui principalmente apelar mais um pouco para a sexualidade (basta ver um pouco de novela, programas de auditório ou de comédia para perceber isso) SEM A MENOR PREOCUPAÇÃO COM OS EFEITOS SOCIAIS DE TODA A EXIBIÇÃO SOMADA À PROTEÇÃO JURÍDICA PARA PERVERTER QUE QUALQUER UM, O QUE SE PODE VER NESTE MESMO BLOG (Insensato Coração: Denunciado no Ministério Público e outras mais apontando como Superior Tribunal de Justiça deixa emissoras à vontade para perverter crianças). Juntando essa manobra com formas de apresentar o mundo de maneiras sutilmente direcionadas ao alinhamento com a Ideologia da Classe dominante tem-se um reforço imensamente grande nos esforços para não só silenciar as massas e tirar delas a esperança de viver em um Mundo muitíssimo melhor para quem trabalha nele viver, como também para fazê-las cooperar com AS MESMAS MEDIDAS AUTODESTRUTIVAS QUE O LEVARÃO AO APOCALIPSE AMBIENTAL DA SUBIDA DOS OCEANOS, todas ligadas ao Modo de Produção e de Vida deste lado do Muro de Berlim.

 
Além disso tudo, o conglomerado empresarial de tornar em verdade mentiras
repetidas mil vezes incentiva preconceitos. Um exemplo é a russofobia, que
é a hostilidade a tudo o que vem da cultura e da longa história da Rússia por
puro preconceito político. Na foto, políticos brasileiros envolvidos com o
escândalo do mensalão apresentados como russos 'inimigos do voto e da
democracia', em falsa comparação com a era Stalin, também caluniada pelos
mesmos.

Isso fica bem claro no preço de um espaçinho nos comerciais, coisa acessível apenas aos grandes bancos, montadoras de veículos, redes nacionais e multinacionais de alimentos e cadáveres (Perdissão, Sadiaca...), fabricantes de drogas legalizadas, enfim, à classe social dos muito ricos. Esses comerciais, mais que breve recordação aos leitores sobre a existência das empresas que os inventam, são um canal de divulgação da ideologia de classe que envolve as mercadorias apresentadas ("Com nosso xampú, o cabelo da atriz desliza como Seda e, mesmo molhando, não vai 'estragar tudo' (renegando uma característica bem africana)"; "Compre esse desodorante que contém CFC, entope os poros da pele e pode até causar câncer, mas faz as mulheres brigarem por você"; "Detergente Nixon no Apê: não é biodegradável, polui rios inteiros mas ajuda a natureza porque plantamos árvores com seu dinheiro") e ainda vincula a mercadoria e a empresa que a fabrica ao programa apresentado ("Use xampu beer para parecer com Manolela"; "O xampu beer combate a caspa como lutador de UFC e quem usa vai de carrão pra balada";"Cerveja Bundauser, a favorita da plateia e dos lutadores aposentados"; "Banco NoTeuCú, patrocinador oficial do seu pão-e-circo (agora cerveja-e-futebol) de todo Domingo").

Mas de que adiantaria todo esse esforço cotidiano de ganhar mentes e corações em todo o mundo se, às vezes, a omissão, a mentira e a compra do seu silêncio não são suficientes?

As mentes se chacoalham freneticamente, os corações se aquecem, mas não ficam só nisso. Muitas vezes, os corpos também se agitam, e se agitam e gritam em marchas tão organizadas que é muito complicado salvaguardar 'a paz e a democracia' só passando no jornal o âncora fazendo o coro com o governador para chingar os donos desses corpos agitados de "vândalos, irresponsáveis, presos por invasão".
 "Arcanjos da Liberdade democratizando o Iraque", segundo a imprensa
ocidental
Aí, não se pode fazer mais nada além de chamar o guarda.

Pedido de socorro feito, ordem dada, lá vem o Batalhão da sirene, do cacete, do gás lacrimogênio, da algema, do camburão, da cadeia, tortura, comida azeda e porrada na costela garantir que "a lei e a ordem vigorem e se possa ensinar a esses baderneiros noções de hierarquia e respeito às instituições democráticas". Isso quando o procedimento é humanitário e não envolve o Grupamento Tático da pistola semiautomática e da 'bala perdida'.
E ASSIM O CIDADÃO DE BEM PODE DORMIR TRANQUILO EM SABER QUE PODERÁ DESFRUTAR TRANQUILAMENTE


"Liberdade versão americana"


Essa necessidade de apelar para a força das armas contra uma nova Vontade Política de uma certa classe social não existe por ser 'típico da maldade humana apelar contra a Paz e a Integridade Nacional'. É, em verdade, um desejo de quem se beneficia dum sistema social opressivo de querer preservá-lo e mandar nele por muito tempo, e é muito fácil perceber isso: Mais que etiquetas de preço e quantitade de votos conseguidos, o que separa as massas das condições básicas de vida e do poder de determinar seus próprios rumos é toda e qualquer forma de opressão de uma classe social sobre outra. Essa opressão se faz presente de forma sistemática na estrutura social. Você mesmo viu as formas de fazer isso em três níveis: 1- Eliminando condições básicas para o despertar da consciência de classe; 2- Distrair e corromper as massas; 3- Usando de força para garantir a manutenção da estrutura social exploratória. Na verdade, vai até além disso, como ocorre no controle político de padres e pastores sobre o que e quem seus 'rebanhos' vão apoiar em certo momento de agitação política; na autoridade matrimonial exercida geralmente pelo marido sobre a mulher; e nas relações familiares, com papai/mamãe dando esporro no menino por ter abraçado novas ideias e impondo sanções ("UMA SEMANA SEM VIDEOGAME!", "VOU ACABAR LHE DEIXANDO SEM INTERNET" et cetera), mas as três primeiras citadas são as principais. Essas últimas relacionam-se à microfísica do poder descrita por Michel Foucalt e trabalhada anteriormente de forma menos profunda por Émile Durkeim em seu estudo das interações entre grupos sociais (o que é diferente do conceito de Classes Sociais, geralmente ligado às condiçõe$ $ocio-econômica$).

Atribuir à natureza humana a violência com que ocorrem grandes mudanças históricas pelo globo é obedecer a mais uma dessas medidas opressoras: Aquela citada em segundo lugar aqui, que envolve a transformação da mentira em verdade e práticas como omissão, censura e distorções para assassinar a verdade. Se fosse verdade que as forças do mal surgissem do nada, como nos desenhos animados, para tocarem o terror no mundo real, então seriam muito mais comuns os raros os casos de doenças psicológicas, como sadismo e psicopatia, presentes no seio da sociedade. Mesmo com o considerável número de psicopatas que se tornam bons oradores e conquistam grande apoio popular com sua lábia a ponto de tornar legítimas as dezenas de agressões armadas dos últimos séculos (golpes militares, primeira e segunda guerra mundial, limpezas étnicas...), adotar essa ideia de naturalismo político é uma atitude preconceituosa que nega uma série de descobertas e comprovações científicas, como Noções de Controle Social, Retórica e o próprio Materialismo Histórico-Dialético, fundamentais para as ciências da Sociologia, Administração, Psicologia, Engenharia Social, dentre várias outras, além de garantir a manutenção do regime, o qual se opõe os Agentes Políticos 'possuídos pelo Mao' reduzindo seus comportamentos a manifestações demoníacas.

O uso da força é a forma mais clara e brutal de dominação de uma classe sobre a outra, momento em que afloram os inevitáveis conflitos entre Classes Sociais depois de décadas, séculos ou mesmo milênios de exploração.

Nos anos 90, houve Presidentes brasileiros
que chegaram a promover chacinas, como
aquela de Carajás, para seguir com seus
desmandos econômicos, o famoso
"trabalho-sujo" do neoliberalismo.
(privatizar tudo, sucatear serviços públicos,
como saúde, educação e segurança,
formentar a terceirização da economia...)
O Estado, possuidor legal e único do direito de usar a violência, aplica suas leis e força em defesa de uma posição: A posição da classe dominante, que domina não somente possuir mais riqueza e fontes de riqueza, mas também deter Poder Político para isso. E assim, fica cada vez mais claro para a massa de ingênuos que o grande 'paizinho dos pobres' não é mais que um robô cego obedecendo a quem possui mais. A história é quase totalmente repleta de casos em que isso acontece, como a servidão coletiva dos faraós do Egito, as arbitrariedades dos Senhores feudais, a sede de riqueza das monarquias absolutistas que lubrificavam com sangue indígena suas gargantas, por onde passavam o ouro, as pedras preciosas e o Pau-Brasil daqui roubados, as grandes guerras do mundo contemporâneo e inúmeros outros casos, como as execuções sumárias promovidas por milícias ligadas ao governo durante a Revolução Popular Chinesa e as invasões ao Afeganistão promovidas pelo Ocidente que restauraram a produção local de papoula (planta usada na fabrição de ópio e heroína) até bater recordes todo ano, quando era praticamente zero quando o país estava sob domínio afegão (leia mais aqui).

PORQUE O ESTADO, GUARDIÃO FIEL DA LEI E DA ORDEM, FAZ TANTAS BARBARIDADES AO LONGO DOS TEMPOS?

Porque manter o Estado e quem manda nele (além de quem o rouba) não é de graça. Ele precisa de recursos para bancar seus homens, comprar munições e pagar salários absurdamente altos aos seus funcionários de maior poder, além de lhes garantir 'um troquinho por fora', e a forma como se consegue esses recursos depende muito do caráter de quem manda na máquina e, principalmente, da situação histórica. Mais precisamente, da situação econômica que se vive num certo tempo.



.Economia-Política
NÃO ESQUEÇA: GUERRAS TAMBÉM SÃO ATIVIDADES POLÍTICAS

Você deve ter percebido na segunda parte deste texto que escrevi e pus fotos que vão um pouco além da relação entre mercadoria e consumidor.
Não tive como evitar: toda relação comercial é uma relação política. Basta refletir um pouco sobre o impacto do seu financiamento ao emaranhado social que chamei Cadeia Produtiva e sobre a necessidade de possuir riqueza$ para iniciar qualquer atividade política, o que está descrito de forma dispersa ao longo desta postagem.

É aí que fica a conexão entre Economia e Política: Uma faz os recursos limitados da terra se multiplicarem, serem especulados, desvalorizarem, gerarem crises e beneficiarem quem os detêm reproduzindo de várias maneiras a ideologia do Modo de Produção e das pessoas que o criaram, enquanto a outra torna tudo isso possível massacrando opositores de todo tipo (como sindicalistas, invasores estrangeiros (às vezes), catástrofes naturais, concorrentes, leis que 'imperram o desenvolvimento econômico e a democracia que se pratica com ele") e servindo de reserva fundiária para resgatar o mercado das consequências de suas próprias atividades anárquicas. Não à toa, Karl Marx fez a seguinte declaração:


"O Estado Moderno é um comitê para gerir negócios comuns da burguesia."

E onde entra tua importância nesse sistema?
Bom, se comprando mercadorias de filiais de empresas dos EUA, por exemplo, você faz o governo de lá faturar na forma de Impostos sobre royalties, então...








VOCÊ TEM PARTE DE CULPA NISSO!  Confira aqui como participou disso sem querer em maiores detalhes. (são cenas fortes. Não veja, se tiver problemas de saúde com isso)
E AÍ ESTÁ A OBRIGAÇÃO MORAL DO BOICOTE A TODO TIPO DE MERCADORIA VINDA DE PAÍSES ENVOLVIDOS EM AGRESSÕES IMPERIALISTAS A OUTRAS NAÇÕES.





Imperialismo é a série de políticas de expansão de domínio
de uma nação sobre outra(s). Falando como repórter de
Mídia Golpista, "é quando as nações desenvolvidas vão
buscar governos/grupos terroristas que promoveram
atentados de proporções globais e ameaçam a paz com suas
bombas atômicas para puní-los."
 
Não és tão pequeno quanto te sentes quando pensa em apontar uma arma para ti mesmo e finalizar tua própria vida. Para que se mantenha vivo, é preciso interagir economica e politicamente com outras pessoas e, por mais pequena que essa interação pareça, ela produz grandes efeitos. Pense que aqueles centavos de dólar que você deu ao Tio Sam como imposto sobre royalties embutido no preço da Coca geladinha que comprou pro churrasco com a família (ou pro encontro do 'Partido Comunista') servirão para pagar parte da pólvora queimada no tiro que matou um civil afegão na Operation Enduring Freedom ou qualquer outra ocasião no mesmo país. Não vamos repetir o que já foi visto. Mas vale a pena lembrar algo muito importante nisso tudo: CONSUMIR É UMA ATIVIDADE ECONÔMICA E POLÍTICA E ESTIMULA OUTRAS PESSOAS A IMITAR TEU COMPORTAMENTO, DA MESMA FORMA QUE NÃO CONSUMIR. Isso é quase igual à poluição, variando apenas o tamanho dos efeitos da sua atitude.
SE VOCÊ NÃO COMPRAR, ELES PODEM NEM LIGAR;
SE UMA MULTIDÃO NÃO COMPRAR, ELES VÃO
FALIR E PARAR
No entanto, como deve ter percebido, o máximo que consegue boicotando mercadorias e candidatos à Presidência defensores de ideias que levarão o Planeta à própria destruição é uma atitude que dá certo reconforto psicológico por lhe fazer saber que não está cooperando de forma alguma com as barbaridades que promovem e muito menos se omitindo delas. Mas isso é pouco!
OS DEMANDOS DO 'SANTÍSSIMO E TODO-PODEROSO DEU$ MERCADO', JUNTAMENTE COM AS "MEDIDAS DE AUSTERIDADE" PARA TENTAR SALVAR O PAÍS DA CRISE ECONÔMICA SÃO PROJETOS POLÍTICOS. E projetos políticos, incluindo projetos sacanas como esses, só são efetivamente barrados de duas formas: Retirando dos que traçaram e querem aplicar o projeto todas as condições para aplicá-lo, sejam elas materiais ou de pessoal; ou acabando de fato com a existência do Projeto e tudo o que se conseguiu aplicar de acordo com ele.

A primeira forma acabamos de ver aqui. Envolve boicote, denúncia de atividades repugnantes dos que se envolvem com a produção da mercadoria ou defendem de alguma forma o projeto político e até medidas mais enérgicas, como acionar o Poder Público (Executivo, Legislativo ou Judiciário) ou fazer os envolvidos com o projeto pararem. Exemplos: A decadência da moda dos casacos de pele, até pouco tempo; a redução (se é que houve) do faturamento da Nike desde que se descobriu seu envolvimento com o trabalho infantil na ásia; as sucessivas derrotas eleitorais do PSDB (não que seus opositores petistas sejam muito diferentes, mas isso é considerável); apreensões policiais de mercadorias contrabandeadas; prisões preventivas, aquelas feitas para garantir que o réu, estando preso, não atrapalhe as investigações; dentre inúmeros outros exemplos de impedir concretizações de Projetos Políticos que podem tanto favorecer uma Classe Social  como outra. As atividades políticas aqui descritas são somente uma forma geral que se vê pela história e, reconheço, estão organizadas de forma arbitrária para um certo fim, o que é normal e inevitável a todo aquele produz uma obra, seja ela declaradamente técnica ou artística. Na política, assim como na Redação de Textos e quaisquer outras Artes, o caráter de Classe é presente e atuante, por mais que queira se disfarçar com uma utópica imparcialidade. Seguindo o raciocínio;
"Milhares deles morrem para provar teu vício de merda antes que chegue
aos teus pulmões. Os animais não esperam... Os humanos testam sem
piedade". Isso não sai no comercial, mas é o que você realmente ajuda a
fazer comprando cigarro
A segunda forma, que destrói projetos inteiros e tudo que se fez com base neles, dividiremos em dois tipos:
1) Formas pacíficas (de menor poder de transformação social), consideradas até legais pelo Estado Burguês que trata o povo como o patrão cuida dos seus 'peões', como algumas paralisações trabalhistas; denúncias de falta de higiene no depósito e cozimento de alimentos de uma rede de restaurantes; a prisão de Silvio Koerich pela Polícia Federal, após várias denúncias virtuais, por crimes de racismo e incitação à pedofilia; o processo de impeachment movido contra Collor com apoio do elitorado (e da Globo); e a Ação Popular, descrita no inciso LXXIII do artigo 5º da Constituição Brasileira de 1988; dentre outros processos juridicamente tolerados, ou não.

2) Formas enérgicas (de grande poder de transformação social), geralmente tratadas como ilegais pelo caráter altamente subversivo e modificador dos seus objetivos e métodos para certo local e época. Considero de enérgica porque, ao contrário das outras tão brandas, possuem uma quantidade de força ligada às suas ações tão grande que chegam mesmo a mudar estruturas sociais complexas e seculares e até a forma das pessoas conseguirem suas condiçõe$ básicas de vida. Pode ter caráter pacífico, como o movimento conduzido por Maatma Ghandi, ou consideravelmente violento, como as dezenas de rebeliões armadas que ocorreram pelo mundo em nome de uma nova economia-política controlada pelos trabalhadores em benefício deles mesmos ou ainda patrocinada pela CIA para atender interesses de Washington. Isso mesmo, meus amigos. Estou falando de uma

.REVOLUÇÃO

Operários, camponeses, militares, estudantes e tantos outros explorados por  séculos de opressão feudal do Czar e da nobreza levantando-se com armas contra os tiranos. Ao fim, fundaram a Primeira República Socialista do Mundo
"A revolução não é o convite para um jantar, a composição de uma obra literária, a pintura de um quadro ou a confecção de um bordado, ela não pode ser assim tão refinada, calma e delicada, tão branda, tão afável e cortês, comedida e generosa. A revolução é um insurreição, é um ato de violência pelo qual uma classe derruba a outra." -Mao Tsé-Tung, em O Livro Vermelho.

E assim se sucedeu nos últimos séculos. Classes Sociais envolvem-se em conflitos causados pela simples existência exploratória de uma sobre a outra e esses conflitos acentuam-se em momentos de crise, como uma das já costumeiras crises econômicas que o capitalismo passa por não poder aguentar sua própria superprodução ("investir demais em grupos de risco", como dizem os próprios), o que leva a falências consecutivas de fazendas (na República Velha, o governo brasileiro queimava sacas de café para tentar se salvar da crise de 1929), construtoras, indústrias, bancos, governos e coligados.

Com a crise quebrando tudo e todos e o povo cada vez mais descontente, as palavras que pessoas como eu lançam no meio do povo surtem efeito muitíssimo maior do que o enredo água-com-açúcar e esperançoso da nova novela. E então, o povo começa a se organizar para pensar numa outra forma de viver, como escravos planejando a fuga do cativeiro. Eis aí a fonte das Revoluções.


Essa longa marcha do operariado rumo à vitória não se dá assim de cara. Começa, costumeiramente com uma série de manifestações pacíficas de descontentamento popular podendo, em certo momento, levar a comportamentos um pouco mais enérgicos, como os cidadãos de Plachimada, um estado do sul da Índia, protestando nesse vídeo contra uma série de práticas abusivas de uma filial da Coca-Cola que secou seus aquíferos e poluiu suas terras, ou professores fazendo enterros simbólicos de governadores depois de ficarem mais pobres com um reajuste salarial abaixo da inflação.

Populares protestando contra a construção da Usina Hidrelétrica de Belo
Monte, uma área que abrange reservas ambientais e terras indígenas. Esse
tipo de ação é boa para queimar a imagem de certos governantes porque
denúncia para que tipo de classe social eles governam
Corações se aquecem, mentes e corpos se agitam num só ritmo. Não o ritmo tartarugueiro com que andam as obras para a Copa de 2014 ou mesmo o ritmo de festa com que Silvio Santos mantém sua fortuna, mas o ritmo das palavras de ordem e dos gritos dos pobres unidos num mesmo ideal, num mesmo Projeto Político Popular, ou não, como as ingênuas Marchas Contra a Corrupção, Marcha da Maconha e outras que pensam representar um projeto de interesse popular quando, em verdade, visam atender vontades pequeno-burguesas de realizar o sonho ingênuo dos "políticos cheios de virtudes que nos manterão afastados de seus lobbystas, tesoureiros e atos secretos, mas não roubarão um só centavo" ou mesmo da mercadoria já falada aqui que não tem outra função política que não a de sedar as massas, tomar-lhes a atenção e o tempo necessário ao estudo de grandes mestres do Movimento Comunista Internacional e encher o bolso de traficantes e mafiosos ligados ou não ao governo.

Bom, já disse aqui que não existe uma forma política pertencente unica e exclusivamente a uma Classe Social. Pode até ter origem em uma certa classe, como as paralisações trabalhistas decorrentes de experiências sindicais europeias do começo do fim do século XIX, mas podem pender prum lado ou pro outro perfeitamente. É o que acontece com os pelegos da CUT, Punks nazistas, Skinheads comunistas, 'Rebeldes líbios contra Kadafi e pela DEMoK.K.K.raCIA', o Social-imperialismo Soviético et cetera que nem vou aprofundar aqui. Caso queria ver mais a fundo, cate num dos blogs da seção "Leia Também" ou pelo google.
Continuando com o que realmente interessa, que são as forças revolucionárias capazes de destruir toda a (des)ordem existente para instaurar uma nova muito melhor para se viver, além acabar com o que provavelmente lhe dava tanta vontade de se destruir antes de ler este texto, não se pode acreditar que num passe de mágica ou com um simples impulso irracional de um "inconsciente coletivo" as pessoas comecem a se juntar aos milhares em frentes de luta política popular... Deixe esse sonho utópico para os anarquistas.

Como visto, é com um um Partido Revolucionário Popular que se pode usar os recursos materiai$ e humanos de forma organizada para concretizar um Projeto Político bem elaborado e decidido coletivamente alinhado com uma Ideologia Política poderosa, evitando desvios famosos como revisionismo.



"Um partido político que dirige um grande movimento revolucionário não pode conquistar a vitória sem dominar a teoria revolucionária, sem possuir um conhecimento da História e sem compreender profundamente o movimento prático." - Mao Tsé-Tung, idem

Será com uma roupa como essa que
você fará do seu país, terra povoada
por pessoas que lhe ajudam a se manter
vivo e lhe querem o bem, apesar de
viverem mal, uma República Popular
forte e respeitada pelo mundo
A história está repleta de exemplos vitoriosos de como é perfeitamente possível passar por cima das dificuldades que impõem ao povo para que possa atingir o poder de manter em si mesmo que tanto deseja e se vê isso em toda parte. Em todo o mundo, as massas vão despertando consciência da sua realidade e anseiam por revolução. A cada nova falcatrua burguesa revelada, só cresce a insatisfação geral contra as hordas de bandidos que ganham a vida saqueando recursos públicos. No entanto, esse desejo é claramente transformado em aspirações ridículas de fazer um  mundo melhor através de vias reformistas de muito pouca ousadia,como aqui descritas na marcha contra a corrupção, o que é uma tática meticulosamente planejada e usada pela mídia burguesa e demais marionetes políticos pós-graduados em paralisar e desviar a luta de classes. É para criticar e combater esse tipo sutil de influência burguesa no seio dos movimentos populares que se deve coordenar as lutas com um Partido.

"Para fazermos a revolução necessitamos de um partido revolucionário. Sem um partido revolucionário, sem um partido fundado na teoria revolucionária marxista-leninista, é impossível dirigir a classe operária e as grandes massas do povo à vitória sobre o imperialismo e os seus lacaios." - Mao Tsé-Tung

Guerrilheiros maoístas indianos seguindo o caminho correto
da Revolução que, como de costume, dará às massas
condições de vida impensáveis nos tempos de Propriedade
Privada e miséria socializada.
O Partido, sendo de tão grande importância para a condução das Classes Pobres no processo violento de derrubada da classe burguesa de seu poder tirano sobre nossas vidas pode ser comparada, em grau de necessidade, com o Comando das Forças Armadas para as divisões do Exército.

Já dizia Lenin, "Fora a política, tudo é ilusão". Se não só queremos, mas clamamos junto com quase todos os povos do mundo por uma transformação efetiva e radical na política, como podemos renegar a importância do Partido?

O Partido retira as massas da maresia e da inércia política e as põem como Agentes ativos da decisão sobre suas vidas!


O Partido coordena, mobiliza para lugares certos na hora certa, reúne em torno de si todos aqueles bem aventurados que têm sede de justiça para que juntos sejam a massa revolucionária tão intocável que nem os maiores 'coroneis' ousam tocar!

O Partido é a Vontade Popular organizada numa frente única e agindo sempre dentro de grandes planos para o Mundo e o Universo decididos coletivamente por aqueles que têm todo o direito de usufruir dele: O Proletariado, que é quem realmente produz toda a riqueza e a tem roubada diariamente com multas, saques, invasões e juros!

O PARTIDO SOMOS TODOS NÓS





ESSA É, CAMARADA, A TUA IMPORTÂNCIA NESTE MUNDO





"Partido/Festa Comunista". Além de tudo o que falei aqui sobre Vida,
Luta e Morte, não se esqueça de repassar tudo que aprendeu aqui
adiante por mais um motivo: Esta postagem deveria ficar pronta em 14
de julho, dia do meu aniversário,
como DUFONS ano passado
Está chegando, meus amigos, o fim deste longo texto. Confesso que meus estudos em psicologia são miseráveis e, sinceramente, duvido que tudo que falei só lá no começo seja realmente útil para impedir que alguém cometa a grande imbecilidade de acabar com a própria vida, deixando de dar fins muito mais proveitosos à arma/corda/qualquer outra arma usada, como prender um latifundiário, derrubar alguns mercenários, incendiar toneladas de cocaína...
De qualquer forma, ainda acreditando que atinge esse objetivo, tenho certeza de uma coisa: Em certo(s) momento(s) durante a vida, muitas pessoas sentem intensamente o que Freud chamou Pulsão de Morte (Tánatos), que pode se voltar tanto contra a própria pessoa como contra outra(s), tendo alvos bem específicos. Mas isso você terá de ver com ele em seus livros. Aqui, só tive um objetivo em usar esse recurso psicológico: Fazer você mesmo lembrar das vezes em que sentiu essa vontade ou mesmo fazê-la sentir de novo e, com uma forçinha deste redator, ANIQUILÁ-LA alterando sua forma de ver a vida e a morte ao adotar o seguinte lema exposto aqui discretamente:

O FIM DE TODA VIDA É A MORTE, MAS, SE TODOS INEVITAVELMENTE VÃO MORRER, QUE NÃO PASSE TODA ESSA VIDA EM BRANCO NO HISTÓRICO DO INSTITUTO MÉDICO LEGAL; MAS QUE SEJA GRAVADA EM ROCHAS, CONCRETOS E METAIS PARA TODO O SEMPRE COMO NOME DE UM HERÓI MORTO PELA VIDA E PELA LIBERDADE.


Agora é com você, irmão de ideias e armas.Trate de adotar e seguir os seguintes lemas:


. CRITICAR, REPUDIAR E RESISTIR ÀS VÁRIAS FORMAS DE SUICÍDIO;
. DETECTAR AS "SUTILEZAS METAFÍSICAS E RETICÊNCIAS TEOLÓGICAS" DE TODA E QUALQUER MERCADORIA QUE LHE CHEGUE ÀS MÃOS;
. EMBARGAR INCONDICIONALMENTE TODA E QUALQUER MERCADORIA QUE SIRVA PARA APOIAR FINANCEIRA E/OU IDEOLOGICAMENTE AS PRÁTICAS, COSTUMES, VALORES,IDEIAS ET CETERA DE ORIGEM BURGUESA, QUANDO NÃO SE PUDER FAZER DE OUTRA FORMA (não quebre seu computador e nem deixe de usar um fuzil americano quando estiver desarmado num campo de batalha; USE-OS EM FAVOR DA REVOLUÇÃO PROLETÁRIA);
. ATRAPALHAR DE TODA FORMA POSSÍVEL QUALQUER MEDIDA QUE VÁ CONTRA A VIDA DAS MASSAS E SUA LIBERDADE, PRINCIPALMENTE COM AÇÕES COLETIVAS;
. CRITICAR E REPUDIAR PARA TODOS SABEREM, COM DISCURSOS E CARTAZES EM ESTAÇÕES DE METRÔ, POR EXEMPLO, AS VARIADAS MANOBRAS DA CLASSE BURGUESA PARA ROUBAR MAIS AINDA A CLASSE OPERÁRIA, BURLAR A LEI E ENGANÁ-LA OU COMPRAR SEU SILENCIO (Liberação de drogas e abortos, construção de moradias populares superfaturadas em zonas de risco de desabamento, bolsas, expansões com perda de qualidade e outras medidas tendentes a sucatear e privatizar o ensino e a saúde públicos);
. CONHECER PROFUNDAMENTE A TODA-PODEROSA IDEOLOGIA DA REVOLUÇÃO PROLETÁRIA EM SEUS MAIORES NÍVEIS (Marxismo-Leninismo-Maoísmo-Pensamento Gonzalo);
. DOMINANDO TRANQUILAMENTE A TEORIA, USÁ-LA PARA GUIAR A CONSTRUÇÃO DE UM PARTIDO FIEL A ELA E TAMBÉM PARA RECRUTAR E MOBILIZAR OS QUADROS QUE O DEIXARÃO FORTE;
. SEGUIR COM ESSE PARTIDO E AS MASSAS NA DIREÇÃO CORRETA DA REVOLTA ARMADA DAS CLASSES POPULARES RUMO À VITÓRIA!



Nepal: Mais uma das dezenas de países que resgatamos de séculos de miséria e opressão. Mais uma prova de que o Marxismo-Leninismo-Maoísmo é uma poderosa ideologia que conduz o Partido e a Revolução à Vitória. Mais uma prova de que mudar o mundo é perfeitamente possível.

"SONHOS: ACREDITE NELES" - Wladmir  'Lenin'

2 comentários:

  1. DEPOIS FASSA UM POST FALANDO SOBRE O "SANTO" NICOLAU II.

    ResponderExcluir